Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

24/12/2008 - Bem Paraná Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Agência é acusada de lesar centenas de clientes

Golpes que vão de compras de passagens falsas até uso indevido de cartões de crédito.

Uma agência de turismo de Brasília está sendo acusada de lesar centenas de clientes com golpes que vão de compras de passagens falsas até uso indevido de cartões de crédito. Localizada num dos principais hotéis da capital, a Mix Turismo deixou clientes presos no exterior, sem passagens de volta, fez reservas falsas em hotéis e companhias aéreas e copiou dados de cartões de clientes para comprar passagens para terceiros.

Segundo o jornal Correio Braziliense, dezenas de clientes foram sexta-feira à loja da Mix, mas a dona, Laura Senatore, não era vista desde segunda. Nesse dia, ela disse aos clientes que estaria com "graves problemas financeiros", mas garantiria as viagens pagas. Na terça, dois funcionários da Mix fecharam a loja e não a abriram mais.

Há pelo menos quatro casos de pessoas presas no exterior porque a agência emitiu passagem de ida, mas cancelou a de volta Aos clientes, a Mix entregou comprovantes falsificados das passagens completas. Há ainda casos de clientes que fizeram pagamentos parcelados e não receberam comprovante de viagem. Outro chegou a dar dinheiro para a agência comprar dólares. Até mesmo comprovantes de entradas da Disneyworld, nos Estados Unidos, teriam sido falsificados.

Procurada, Laura não foi encontrada. Além das reclamações no Procon, foi aberta investigação criminal. A agência não está credenciada na Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav). Foi expulsa há dois anos, justamente por denúncias de fraudes.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 326 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal