Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/12/2008 - O Jornal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

OJB - Pena de falsificadores brasileiros pode chegar a 20 anos


DANBURY - A expressão ganhar dinheiro fácil foi assimilada de forma criminosa por quatro brasileiros de Danbury, Connecticut, que foram presos por falsificação e receptação de notas falsas de US$ 100. Eles foram detidos por agentes do FBI que investigavam o grande derrame de notas falsas na cidade e no sul dos Estados Unidos. Cada cédula de US$ 100 era comercializada por US$ 30.

Wesli Camargo, 33, foi indiciado por falsificação, porte de notas falsas e venda do dinheiro. Ele disse aos agentes do FBI que 'fabricava' notas de US$ 100 há seis meses e as vendia por US$ 30. Os agentes o prenderam com o auxílio das polícias local e estadual de Connecticut e agentes do serviço especial da Carolina do Norte, onde as notas falsas também foram despejadas.

Três clientes de Camargo (Epaminondas Jose Soares, 41, Joister Pacheco Ataide, 27, e Jean de Oliveira, 20) foram presos por compra e receptação de notas falsas. Segundo o porta-voz da promotoria, Tom Carson, os detidos cometeram crime inafiançavel e estão sob a custódia da Imigração.

Soares e Ataíde foram presos numa blitz com mais de US$ 35 mil em notas falsas dentro do carro. Além do dinheiro, eles mantinham no carro uma caneta de identificação de notas de dólar falsas, um laptop e uma carteira de identidade brasileira.

Epaminondas Soares confessou que sabia que as notas eram falsas e que as passou em lojas da Flórida e de Connecticut. Ele e Ataíde estavam sendo observados pela polícia desde 18 de outubro e foram pegos em flagrante durante a operação. O outro brasileiro preso, Oliveira, foi pego com mais de US$ 6 mil em notas falsas.

A polícia conseguiu apreender o computador e a impressora onde eram produzidas as notas falsas. Os brasileiros podem pegar até 20 anos de cadeia, além de uma multa que pode chegar a US$ 250 mil.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 209 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal