Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.


Acompanhe nosso Twitter

19/12/2008 - Gazeta Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Operação Albambique estoura fábrica clandestina de bebidas de grife


Cerca de 10 mil litros de bebidas alcoólicas diversas em situação irregular de consumo foram apreendidas por policiais militares e federais durante operação realizada no final da manhã desta sexta-feira (19), no município de Ecoporanga, no Interior do Estado.

Durante a ação, dois comerciantes que não tiveram as identidades reveladas acabaram presos. Segundo informações do delegado Marcos Patrik Cazelli, eles eram os responsáveis pela falsificação e posterior venda dos destilados. Além dos homens, uma fábrica e um depósito onde as bebidas eram preparadas e estocadas, respectivamente, foram estourados.

A adulteração das bebidas vinha sendo feita há pelo menos 3 meses. Cazelli ressaltou que a polícia tomou conhecimento das práticas criminosas da dupla por intermédio de denúncias anônimas. A partir daí, o caso começou a ser investigado e, nesta sexta-feira (19), a "Operação Alambique", foi posta em prática.

Os acusados foram detidos trabalhando na fábrica. Eles foram surpreendidos justamente diluindo substâncias diversas em bebidas nacionais e importadas. Policiais informaram que os criminosos misturavam cachaça, álcool e essências diversas à bebidas como Vodka, Whisky, licor, vinho e bacardi.

Posteriormente à mistura, a dupla utilizava rótulos de marcas conhecidas de destilados e falsificava até mesmo selos do IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados) para depois, conseguir comercializá-las. As bebidas adulteradas eram vendidas em Ecoporanga e municípios arredores.

Os falsificadores foram detidos e levados para a Delegacia de Polícia (DP) da cidade onde a operação aconteceu e autuados por falsificação de selo de IPI, falsificação de rótulos, adulteração de bebidas e crime contra o consumidor.

O delegado Patrik Cazelli disse ainda, que a bebida apreendida será submetida a análise para comprovar quais substâncias era utilizadas, de fato, na mistura feita pelos acusados. Policiais informaram que o caso continua sendo investigado, já que existe a suspeita de que outras pessoas estejam envolvidas no esquema de adulteração de bebidas alcoólicas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 201 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal