Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/12/2008 - Primeira Edição Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Sapucaia descobre fraude de auto-escola que falsificou documento em seu nome


O diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran-AL), Antônio Sapucaia, convocou a imprensa na manhã desta quarta-feira, 17, para denunciar um esquema de falsificação de certificados expedido pela auto-escola Aliança, de Arapiraca, que pretendia envolver o seu nome.

Durante a entrevista coletiva, Sapucaia disse que a auto-escola fraudou o certificado do exame teórico, que é uma das exigências para renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O certificado fraudulento tem data de 2001.

Sapucaia explicou que só tomou conhecimento do esquema ontem, 16, depois que um dirigente de uma das auto-escolas descredenciadas nesta semana, ameaçou revelar a fraude envolvendo o nome do diretor-presidente do Detran, na tentativa de frear os trabalhos das comissões que apuram irregularidades nos Centros de Formação de Condutores (CFCs). “Ainda não sei quem é, mas a intenção certamente é de me prejudicar”, afirmou Sapucaia. “Existem pessoas participando ativamente disso. Não sabemos ainda como o esquema de falsificação de certificados funcionava, mas, certamente, esse trabalho foi orquestrado com algum funcionário do Detran”.

O diretor-presidente do Detran disse que já acionou a corregedoria do órgão para avaliar a irregularidade, e que levará o caso à Polícia Federal. “Não descarto a possibilidade de se realizar uma sindicância interna, mas esta semana vou levar a denúncia à Polícia Federal para que seja apurado com rigor de quem é a responsabilidade”.

No decorrer da entrevista, Sapucaia apresentou todos os documentos referentes à renovação de sua CNH do ano de 2001, período em que o certificado, que não apresenta a sua assinatura, foi fraudado. “Na época, como medida de comodidade recorri a um despachante, como muitas pessoas fazem para adiantar a documentação e realizar os pagamentos. Mas esse certificado realmente é irregular, porque nunca fui a essa auto-escola”, explica.

Ele completou dizendo que já tomou conhecimentos de outras vítimas da fraude. “Já tenho conhecimento de outras pessoas vítimas da fraude, e de que a auto-escola Aliança não é a única a participar desse tipo de esquema”.

Na última segunda-feira, 15, duas auto-escolas de Maceió foram descredenciadas por irregularidades: Pinheiro (Filial) e Santa Helena, ambas em Maceió.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 288 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal