Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/12/2008 - Agência Lusa Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Porto: PJ desmantela rede que conseguia créditos bancários com documentos falsos


Porto, 16 Dez (Lusa) - A Polícia Judiciária anunciou hoje a detenção de três elementos de uma rede que se dedicava a burlar bancos, conseguindo créditos imobiliários baseados em documentos falsos, que lhes atribuíam um património muito superior ao real.

Em comunicado, a PJ adiantou que os três elementos da rede, dois homens e uma mulher com idades entre os 29 e os 34 anos, moradores em Gaia, apresentavam-se junto dos bancos "utilizando para o efeito documentação de suporte falsa, levando os bancos a avaliarem a situação patrimonial dos proponentes como muito superior à real".

"Para tal, um dos elementos do grupo apresentava-se em várias entidades bancárias como promotor imobiliário procurando obter crédito para supostos clientes seus, apresentando diversos documentos como declarações de IRS, extractos bancários ou declarações de entidades empregadoras total ou parcialmente falsificadas, sendo certo que os supostos clientes eram indivíduos sem fontes de rendimento que serviam de "testa de ferro" a esta actividade ilícita e que não tinham qualquer possibilidade de liquidar eventuais empréstimos concedidos", refere a PJ.

Aquela força policial, que adianta estar na posse de "informações que apontavam para que o grupo estivesse em vias de formalizar pedidos de crédito em algumas instituições bancárias", refere que "os suspeitos foram detidos após formalizarem um pedido de crédito no valor de 70 mil euros" num balcão da cidade do Porto.

"Na sequência das referidas detenções foi possível apreender diversa documentação falsa que se destinava à instrução de pedidos de crédito, bem como outros documentos reveladores da actividade criminosa dos detidos, sendo que dois têm já antecedentes criminais pela prática de crimes da mesma natureza", afirma a PJ. (MSP)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 171 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal