Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/12/2008 - AFP Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Bancos afetados pela fraude dos fundos Madoff


PARIS (AFP) — Segue a lista dos bancos afetados em todo o mundo pela gigantesca fraude do gerente de fundos americano Bernard Madoff, que teria pulverizado 50 bilhões de dólares de centenas de investidores:

ESPANHA:

- O Banco Santander, segunda maior instituição bancária européia em termos de capitalização, anunciou que os clientes de seu fundo especulativo Optimal podem perder até 2,33 bilhões de euros (3,117 bilhões de dólares).

- O BBVA, segundo maior banco espanhol, corre o risco de perder até 300 milhões de euros (400 milhões de dólares).

- Nove fundos de pensão e três seguradoras podem ter prejuízos de 38 milhões de euros (50 milhões de dólares).

FRANÇA:

- O BNP-Paribas estima em quase 470 milhões de dólares suas perdas potenciais.

- O Natixis, filial da Caixa de Poupança e do Banco Popular da França, calcula um possível prejuízo de até 600 milhões de dólares.

- O Société Générale, cujo corretor Jerome Kerviel dilapidou 6,7 bilhões de dólares, prevê perdas inferiores a 13 milhões de dólares.

- A seguradora Axa calcula uma cifra "muito inferior" aos 130 milhões de dólares.

- O banco franco-belga Dexia poderá perder até 85 milhões de euros e seus clientes mais ricos "têm uma exposição total de 78 milhões de euros".

GRÃ-BRETANHA:

- O banco HSBC, número três mundial em termos de capitalização, pode perder 1 bilhão de dólares.

- O Royal Bank of Scotland prevê um rombo de até 600 milhões de dólares.

- O fundo de investimentos Man Group investiu 360 milhões de dólares em dois fundos administrados por Madoff.

SUÍÇA:

- Segundo o jornal Le Temps, as perdas na Suíça podem chegar a 4,2 bilhões de dólares, espalhados por vários pequenos bancos privados.

- Os gigantes UBS e Credit Suisse não seriam afetadas.

HOLANDA:

- O banco holandês Fortis admitiu o risco de perder até 1 bilhão de euros.

ITÁLIA:

- Os bancos Unicredit e Banco Popolare terão prejuízos de 100 e 90 milhões de dólares, respectivamente.

JAPÃO:

- O banco Nomura prevê perdas de até 303 milhões de dólares.

CORÉIA DO SUL:

- Um conjunto de entidades financeiras e seguradoras perderiam até 95 milhões de dólares.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 209 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal