Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/12/2008 - administradores.com.br Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mecanismos de clonagem de cartões de débitos são efetivos em todo o mundo

Por: Pollyanna Melo


O que se observa é que, cada vez mais, a mesma tecnologia é adotada em escala mundial, o que por um lado reduz custos permitindo desenvolvimento e aplicação. Por outro lado, permite que os mesmos mecanismos de fraude sejam efetivos nos diferentes locais.

A fraude pode ocorrer tanto em cartões baseados em tarja magnética como em cartões baseados em chip, o chamado smart card. No primeiro caso, a tarja magnética comporta-se de maneira semelhante a antiga fita k-7, sendo que o material dessa tarja tem propriedades magnéticas que permitem gravação e leitura. Nesse caso, a eventual cópia é relativamente simples, pois bastaria copiar o padrão magnético dessa tarja. No segundo caso, o smart card é capaz de aumentar a segurança porque, ao ser lido, além de informar dados do correntista também opera fornecendo respostas de dados a determinadas consultas realizadas pelo terminal. O fator complicador para o falsificador seria conhecer essas consultas para poder simular e obter as respostas esperadas. Infelizmente, há notícias de fraudes inclusive relacionadas aos smart cards.

Para que a fraude possa ser completa, o fraudador precisa ter acesso às informações de identificação pessoal da vítima, mais especificamente a senha numérica. Para obter isso, o fraudador pode se utilizar diferentes abordagens como observar diretamente a seqüência digitada, instalar câmera que monitore o teclado, identificar o som produzido por cada tecla e reproduzir a seqüência ou ainda, algum mecanismo mais requintado.

Para obter êxito, o fraudador deve ter acesso ao equipamento para fazer os devidos preparativos como instalar leitores adicionais, alterar os dispositivos para copiar informações e instalar câmeras e microfones. Assim, cuidados como procurar caixas eletrônicos em agências ou locais devidamente monitorados, não aceitar auxílio de estranhos, digitar as senhas de maneira discreta limitando visualização do teclado por outros ângulos, ficar atento ao dispositivo de leitura, verificar se o mesmo está devidamente fixado e se segue o padrão de textura e cores do equipamento, são úteis para evitar surpresas desagradáveis”, sugere o professor William Nogueira do Curso de Sistemas de Informação, das Faculdades Integradas Rio Branco.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 222 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal