Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/10/2006 - Zero Hora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Presos autores de fraude em compra de medicamentos

Por: Giovani Grizotti


Dois proprietários de uma distribuidora de medicamentos de Santa Maria, no centro do Estado, foram presos ontem por corrupção ativa e fraude em licitações.

Os irmãos João Refosco, 48 anos, e Inácio Refosco, 44 anos, receberam voz de prisão quando entregavam R$ 3,1 mil em propina ao secretário da Saúde de Encruzilhada do Sul, Marco Antônio Rassier, que havia denunciado o esquema à Promotoria Especializada Criminal da Capital. Segundo as investigações, o esquema de superfaturamento em compras de medicamentos e equipamentos hospitalares ocorre em outros municípios gaúchos.

O secretário decidiu denunciar o esquema depois de gravar uma conversa em vídeo na qual Inácio ofereceu propinas para fornecer as mercadorias. O valores das comissões oscilavam entre 10% e 15%. Na gravação, um dos donos da I.R Distribuidora de Equipamentos Hospitalares explicou como seria montada a operação. Conforme Inácio Refosco, a modalidade da compra seria por meio de carta-convite direcionada a quatro empresas envolvidas.

– O senhor pode dizer que o senhor é secretário, tem autonomia... Dizer para o setor de licitações que o senhor quer que mande só para estas aqui... Que estes aqui vão entregar direitinho – orientou Refosco.

Assim, o grupo escolhia qual empresa venceria a disputa. Depois de receber a denúncia de Rassier, o promotor responsável pela investigação orientou o secretário a fazer uma compra que serviria como prova. Ele, então, encomendou equipamentos hospitalares que custaram R$ 28.966,20. O valor é R$ 16.129,20 superior ao de mercado, segundo pesquisa feita pela prefeitura com empresas do ramo em Porto Alegre. Ontem, os produtos foram entregues, e os irmãos Refosco, presos em flagrante, segundos após repassar o dinheiro ao secretário.

– A gente tá vendo diariamente corrupção em todo este país. Eu acho que é uma vergonha. Acho que é hora de os homens públicos mostrarem para a comunidade que existe alguém sério que não entra nesse tipo de esquema. Foi por isso que denunciei – explica o secretário.

A partir das interceptações telefônicas no celular da I.R Distribuidora, o promotor Flávio Duarte, responsável pela apuração, descobriu outras prefeituras envolvidas.

Funcionário em Cruz Alta foi exonerado após denúncia

Uma das escutas feitas com autorização judicial revela diálogo entre Inácio e um servidor da prefeitura de Cruz Alta identificado por “Duda”. Na conversa, eles definem a propina. O funcionário foi exonerado na tarde de ontem, depois de o caso vir à tona.

A reportagem apurou que os envolvidos no esquema movimentaram cerca de R$ 7 milhões em vendas para prefeituras gaúchas nos últimos três anos.

A Agência RBS tentou contato com a casa de João Refosco em Santa Maria, mas uma mulher disse não ter informações sobre o caso. Também não foi possível o contato com o advogado Zeno Fernando Struk, que atendeu os suspeitos no flagrante em Encruzilhada do Sul.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 782 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal