Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

05/10/2006 - Cosmo Online (Sorocaba) Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha usava nome de Covas em golpes


Policiais do Grupo Anti-Seqüestro de Sorocaba descobriram que a quadrilha presa por eles nesta quarta-feira em Agudos, acusada de usar o nome de prefeitos para conseguir doações junto a empresas da região com a finalidade de construir e reformar creches, também chegou a aplicar golpes em nome da família do ex-governador Mário Covas (PSDB).

José Abreu, o Zezo, considerado um dos mais conhecidos estelionatários brasileiros, estava entre os presos desta quarta-feira, e é acusado de lesar amigos do ex-governador em 2002 pedindo ajuda para o tratamento de saúde do político. Ele também já havia sido preso por aplicar golpes em prefeituras e por usar o nome da Polícia Militar.

Segundo o delegado José Humberto Urban Filho, Zezo trabalhou por 15 anos na Prefeitura de Agudos e seu pai foi prefeito e vereador no município. "Ele conhece todo o funcionamento do governo municipal. Somado a isso, usava seu poder de persuasão para conseguir informações privilegiadas, que eram usadas nos golpes".

A denúncia que levou à prisão do grupo foi dada pelo prefeito de Sorocaba, Vítor Lippi (PSDB). A quadrilha havia usado o seu nome para pedir ajuda. Estima-se que os estelionatários tenham conseguido pelo menos R$ 200 mil junto a empresas da região de Sorocaba.

Além de Zezo os golpes eram planejados por um outro homem, que já está identificado, mas permanece foragido. Foram presos nesta quarta: Juliano Mesa Morales, Kléber Nunes de Oliveira e Ewerton dos Santos Cavalcante. Eles foram indiciados por estelionato e formação de quadrilha e estão presos em Sorocaba.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 664 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal