Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/11/2008 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Hacker deu prejuízo de R$ 2 milhões a empresas


SÃO PAULO - O 'hacker' João Sperandio Neto foi preso nesta segunda-feira pela Unidade de Inteligência do Departamento de Polícia Judiciária da Capital (Decap) acusado de aplicar golpes pela Internet que deram prejuízos de mais de R$ 2,2 milhões. Com 22 anos de idade, ele foi detido em Mogi das Cruzes, a 51 quilômetros da Capital, e já possui passagens por furto, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Após investigações de fraudes eletrônicas cometidas neste ano, Sperandio foi localizado pela Polícia Civil por meio de seu número de IP (Protocolo de Internet). Com essa identificação, a polícia descobriu cinco crimes com as mesmas características, cometidos contra empresas distintas entre os dias 5 e 12 de setembro.

Segundo o delegado Luiz Storni, Sperandio utilizava a conta bancária de uma empresa de brinquedos de Mogi das Cruzes, da qual era sócio, para aplicar os golpes, que totalizaram R$ 2.211.500, 00. Ele burlava os sistema de segurança do banco, pela internet, para obter os dados das empresas lesadas. Depois, pulverizava para 28 contas bancárias, o dinheiro que conseguia com as transferências.

Segundo o delegado Luiz Storni, o rapaz demonstra um conhecimento acima do normal em relação a programas, sistemas e soube como enganar a rede de proteção do banco. Levado à delegacia, em cumprimento a um mandado de busca e apreensão, Sperandio confessou os crimes e será indiciado por furto qualificado, violação de sigilo e formação de quadrilha.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 218 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal