Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/11/2008 - IT Web Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mercado de crimes virtuais movimenta US$ 276 milhões em um ano

Symantec acredita que o potencial do cibercrime poderia atingir US$ 7 bilhões.

Aparentemente, não é todo mundo que está passando por crise neste momento. O mercado de crimes digitais segue forte neste período de turbulência financeira. De acordo com estudo feito pela Symantec, o cibercrime movimentou mais de US$ 276 milhões entre 1º de julho de 2007 e 30 de junho de 2008.

O montante significa o total arrecadado pelos cibercriminosos se eles vendessem seus "produtos" pelo preço anunciado em propagandas na internet. Todavia, a Symantec acredita que o potencial desse mercado, calculando o valor das informações de cartões de crédito e de contas bancárias, se vendido, seria de algo em torno de US$ 7 bilhões.

Pelas contas da fabricante, 59% do valor verificado são referentes a disponibilização de informações de cartões de crédito.

No último ano, a companhia identificou 69 mil anúncios e 44 milhões de mensagens em fóruns oferecendo produtos de cibercrime na internet, sendo que 98% dos servidores que armazenam esse conteúdo tem vida útil inferior a seis meses; 41% está nos Estados Unidos e 13% na Romênia.

A ferramenta de ataque mais cara foi o botnet, que pode ser adquirida por um preço médio de US$ 225. Os serviços de hospedagem de phishing custam, em média, US$ 10, variando entre US$ 2 e US$ 80.

Sistemas para ataque a vulnerabilidades são vendidos por até US$ 2,999. Mas, segundo o estudo, esse tipo de ameaça são calculados pelo perfil das vítimas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 165 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal