Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/11/2008 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpistas aproveitam época de Natal para aplicar golpes on-line

Internautas devem ficar atentos a anúncios com promoções imperdíveis. Investigações apontam diversificação nos tipos de mensagens fraudulentas.

Oportunistas, os criminosos da internet se aproveitam do interesse geral por um determinado assunto em um período específico do ano. Seguindo essa lógica, os internautas devem ficar atentos à aproximação do Natal. Isso porque, com o foco de muitas pessoas voltado às compras, aquele anúncio com uma promoção imperdível pode ser uma armadilha.

O publicitário Alberto Polinário, que recebe mais de cem e-mails por dia, foi vítima de uma delas. Bastou o publicitário clicar em uma dessas mensagens para que um programa-espião se instalasse em seu computador. “Eu comecei a sentir uma diferença na velocidade do computador, ficava travando. Quando eu levei para o técnico dar uma olhada, já estava infectado”, conta.

Por precaução, Alberto cancelou todos os cartões do banco. “Foi um transtorno grande. Levou quase uma semana para eu receber o novo cartão, e ainda esperei o banco mandar uma nova senha de internet”, lembra o publicitário.

Além de datas especiais, os piratas também se aproveitam da credibilidade de instituições públicas e privadas para fisgar as vítimas. Novos e-mails que estão circulando pela rede utilizam linguagem técnica para confundir o internauta e sempre pedem atualização de dados. E-mails falsos com endereços do Ministério do Trabalho, dos serviços de proteção ao crédito e de instituições financeiras são os mais comuns.

Simulando a ação de um hacker, Gabriel Menegatti, diretor de uma empresa de segurança na Internet, acessa uma página de um banco. Ele mostra como, automaticamente, os dados dele são roubados e enviados por e-mail para outra máquina. “As informações vão para qualquer lugar do país ou do mundo em questão de segundos”, explica o especialista. “Na época de Natal, sempre tem muitos casos desse tipo de ataque.”

Em São Paulo, as investigações apontam um aumento na quantidade e na diversificação das mensagens com programas espiões – disfarçados de fotos, vídeos e cartões virtuais. “Situações que despertam a curiosidade ou o interesse público são as mais usuais. É importante ter sempre em mente que uma pessoa que não tem qualquer relacionamento com você não iria lhe enviar uma mensagem sem motivo”, alerta o delegado José Mariano de Araújo Filho.

Os órgãos públicos e as instituições financeiras ouvidos pelo “Jornal Hoje” informaram que não enviam e-mails para os internautas com avisos de cobranças ou com pedidos de atualização dos dados pessoais.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 203 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal