Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/11/2008 - Gazeta Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Funcionário é preso por simular assalto e ficar com dinheiro de farmácia


O caso de um suposto assalto cometido no dia 02 deste mês em Jacaraípe, na Serra, foi desvendado pela polícia. Durante averiguações que vinham sendo realizadas desde o dia do crime, investigadores da Delegacia Patrimonial descobriram que tudo não passou de um plano que envolveu um adolescente, um motoboy e um traficante de drogas do município.

Segundo o delegado Danilo Bahiense, o funcionário de uma farmácia, identificado por Marcelo Agripino, responsável por fazer as entregas do estabelecimento articulou, junto do menor de idade, o falso assalto. O plano foi motivado para que os bandidos ficassem com a motocicleta e um malote de dinheiro pertencentes à loja.

O delegado Danilo Bahiense ressaltou que, no dia do crime, o motoboy saiu com uma quantia em dinheiro que deveria levar da farmácia de Feu Rosa para a farmácia matriz, em Jacaraípe. No trajeto, Marcelo teria sido roubado e, para deixar o suposto assalto mais real para os patrões, ele chegou até mesmo a registrar a ocorrência na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos.

"Todo o plano teria sido armado pelo adolescente. Ele entrou em contato com o motoboy que é conhecido dele, inclusive é ex-presidiário e esteve preso por assalto, e forjaram tudo. Esse homem ficou com o dinheiro do malote e o adolescente ficou com a moto".

Durante as investigações a polícia descobriu ainda, que a motocicleta, avaliada em R$4 mil, foi vendida pelo menor de idade para o traficante Magno Almeida Rodrigues, de 18 anos, que atua em Serra Dourada II, por apenas R$200,00.

O dinheiro do malote foi dividido da seguinte maneira: Marcelo ficou com a quantia de R$1,5 mil e o adolescente recebeu apenas R$300,00, já que ficou com a moto roubada. Depois que o crime de falso assalto foi descoberto, investigadores conseguiram localizar e prender os três bandidos.

Em depoimento, o jovem de 15 anos relatou ao delegado Danilo Bahiense que o plano de roubar veículo e dinheiro partiu dele. Mesmo assim, ele e os comparsas foram autuados por falsidade ideológica e falsa comunicação de crime. Marcelo Agripino e Magno Almeida Rodrigues ainda responderão processo por corrupção de menores.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 235 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal