Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/11/2008 - CGN - Central Gazeta de Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

GDE prende mulheres que aplicavam o golpe do baú

Por: Luli Savaris


O Grupo de Diligências Especiais (GDE) da Polícia Civil prendeu ontem (19) três mulheres acusadas de estelionato. Elas foram detidas em flagrante em uma residência localizada no bairro Maria Luiza, quando aplicavam o golpe do Baú da Felicidade.

O grupo chegava ás casas, com crachás, carnês e blocos de preenchimento em nome do Grupo Silvio Santos, colhia dados pessoais das pessoas e faziam falsas promessas, como prêmios e dinheiro. De acordo com a polícia, até agora duas vítimas teriam caído no golpe, uma mulher de 70 anos e outra de 64. As acusadas escreviam uma história sobre a pessoa que diziam mandar para o Gugu e ainda anotavam o que elas gostariam de ganhar.

“Recebemos um telefonema que determinada senhora estava com pessoas estranhas em sua residência. Quando o GDE chegou constatou que essas pessoas se diziam ser do Baú da Felicidade, e segundo as vítimas teriam prometido alguns prêmios. Na bolsa de uma dessas três mulheres foi encontrada uma comunicação de conta corrente da vítima constando á senha da conta bancária, supostamente tentariam fraudar alguma coisa tendo essa senhora como vítima. Nós entendemos que essas pessoas estavam praticando estelionato, utilizando uma empresa idônea o baú, mas, porém como são ex-funcionárias e obtendo dados da empresa chegavam nestas pessoas á maioria de idade, facilitando que cometessem estelionato, embora neguem que o tenham feito”, conta o delegado José Carlos Guglielmetti.

Rosimeri Batista de Oliveira, Talita Paula Aires de Oliveira e Solange Aparecida Rosa Carneiro estão detidas na carceragem da 15ª SDP. Caso haja mais vítimas do golpe, devem procurar a polícia. “Devem se dirigir para a 15ª onde autuamos e como elas estão na carceragem, e as vítimas poderão fazer o reconhecimento”, explica o delegado.

Como o alvo do grupo eram pessoas idosas, o delegado da Polícia Civil fala como a população pode fazer para não cair nos golpes. “Os filhos devem orientar para que se as pessoas oferecessem prêmios e outras coisas, que acionassem a polícia para verificar se essas pessoas estariam ou não praticando um golpe”, afirma.

De acordo com a polícia mais pessoas podem estar envolvidas no golpe e uma das detidas relatou que é ex-funcionária do Baú e teria sido demitida por justa causa.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 203 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal