Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

11/11/2008 - O Estado de São Paulo / Ag. Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso em MT acusado de estelionato em 4 Estados

Por: Solange Spigliatti


SÃO PAULO - A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Mato Grosso prendeu nesta segunda-feira, 10, um estelionatário que agia no Rio, em Goiás, na Bahia e no Estado. O acusado tinha acabado de aplicar um golpe em uma loja de Cuiabá e estava saindo da cidade com os objetos adquiridos utilizando documentos falsos.

Carlos Alberto de Souza Moreira, de 56 anos, foi detido por volta das 17 horas na altura do km 387 da BR-364, na saída de Cuiabá para Rondonópolis. Durante revista realizada no interior do veículo foram localizados equipamentos eletrônicos, sendo uma impressora multifuncional HP, um notebook Positivo e um monitor HP 17".

Ao ser questionado sobre a procedência dos produtos, Carlos disse ter adquirido numa loja do Shopping Pantanal, na capital mato-grossense, pela quantia de R$ 1,2 mil. Porém foi localizada no interior do veículo uma nota fiscal no valor de R$ 2.348,98, referente à compra das mercadorias, juntamente com vários cartões de diversas lojas e várias folhas de cheques em nome de terceiros, além de um RG falso em nome de Luis de Almeida Santos, com a foto de Carlos.

Carlos também portava, segundo a PRF, uma maleta com diversos números de CPF, RG e contratos de empresas em nome de terceiros que, segundo ele, foram comprados pela quantia de R$ 100,00 cada e que seriam utilizados para aplicar novos golpes em Cuiabá.

Carlos utilizava contratos de empresas fictícias e se passava por proprietário de empresas de construção para fazer os cadastros nas lojas. Sempre muito bem vestido e tratando os funcionários educadamente, disse não ter tido dificuldade em realizar as compras.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 238 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal