Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/11/2008 - Sol Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Burlão condenado a 7,5 anos por vender carros inexistentes


Um indivíduo acusado de burla por proceder à venda, através da Internet, de automóveis que não existiam, supostamente importados da Alemanha, foi hoje condenado à revelia, em Gondomar, a sete anos e seis meses de prisão efectiva.

Alberto N., 31 anos, foi condenado por três crimes de burla qualificada, quatro de burla simples e dois crimes de ameaça, sendo absolvido dos crimes de falsificação de documentos.

O arguido, que se encontra desaparecido, foi ainda condenado ao pagamento de quatro indemnizações em mais de 23 mil euros.

Assim que se verificar a impossibilidade do arguido ser notificado será emitido um mandato de captura nacional e internacional, tendo sido referido hoje em tribunal que Alberto N. poderá já encontrar-se em França.

O tribunal deu como provado que o arguido colocou no site ‘Standvirtual’ anúncios de veículos inexistentes e que persuadiu vários clientes a entregar parte, e até a totalidade, dos montantes relativos à compra dos mesmos.

Alberto N. referia aos compradores que os veículos se encontravam na Alemanha, pedindo um adiantamento para os ir buscar.

Depois de algum tempo alegava vários problemas com o transporte do veículo para justificar o atraso na entrega e pedia os montantes em falta.

Durante a negociação com os possíveis clientes, o arguido mostrava as declarações de importação e vários documentos em português e alemão para credibilizar o processo.

As burlas foram realizadas entre final de 2006 e início de 2007 e dos ofendidos fazem parte comerciantes de automóveis.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 179 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal