Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

03/10/2006 - WNews Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mais de 100 mil celulares deverão ser infectados em 2007, diz estudo


Um estudo realizado pelo SANS Institute revelou quais serão as tendências que os ataques virtuais deverão seguir no ano que vem. E os celulares, serviços de VoIP e computadores portáteis têm tudo para serem o alvo preferencial dos crackers daqui para frente.


Segundo o site Tech News World, o relatório elaborado pelos especialistas em segurança desse instituto indica que cerca de 100 mil telefones celulares poderão ser infectados por vermes digitais por meio de redes sem-fios. E à medida que os telemóveis se tornarem mais sofisticados, ou seja, acumularem cada vez mais funcionalidades, a tendência é que esse cenário piore. "Isso vai tornar o território dos crackers ainda mais fértil", disse um dos responsáveis pelo relatório.

Embora poucos acreditem que malwares voltados para celulares representem uma ameaça real, o uso cada vez mais freqüente de clientes de e-mail em smartphones torna essa possibilidade mais preocupante. "Um verme para celulares pode ser uma forma dos crackers exercitarem técnicas de phishing (roubo de informações pessoais e/ou financeiras do usuário). Essa prática também pode funcionar para a realização de ataques do tipo negação-de-serviço (denial-of-service, uma técnica que visa tirar determinado servidor do ar por meio da saturação da banda de um site nele hospedado, o que é feito quando ele tem milhões de acessos em um curto espaço de tempo).

Outra tendência detectada pelos pesquisadores é o aumento que deverá ocorrer nas fraudes em serviços de VoIP como o Skype e afins. Já existem casos de crackers que invadem servidores se fazendo passar por operadoras de telefonia fixa. O processo é simples: eles desviam o sinal de tom de uma operadora qualquer (aquele som que é ouvido nos telefones convencionais) e o vendem para a empresa de VoIP como se fosse legítimo. "Com isso, enquanto os crackers ganham o dinheiro das pessoas que utilizam o serviço, o prestador desse serviço fica com a conta", confirmou o relatório.

Por outro lado, as empresas e os órgãos governamentais deverão tomar uma série de medidas para proteger seus dados mais sensíveis, principalmente os que são armazenados em portáteis. O relatório indica que haverá um aumento significativo no roubo tanto de laptops quanto de computadores de mão (PDAs). Uma medida que poderá ser tomada é a obrigatoriedade que esses dados sejam encriptados quando transferidos para essas máquinas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 391 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal