Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/11/2008 - Folha de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Operação contra fraude em CNH prende 24 no Ceará


Uma operação conjunta para desbaratar uma quadrilha responsável por emissão ilegal de CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e falsificação de documentos foi deflagrada nesta quinta-feira no Estado do Ceará.

A ação, batizada de Operação Lótus, busca cumprir 24 mandados de prisão e 31 mandados de busca e apreensão. A operação teve início às 5h30 de hoje envolve cerca de 150 agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) de oito Estados, promotores de Justiça e integrantes da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social.

Segundo o inspetor Darlan Antares, da PRF do Ceará, os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Fortaleza, Tabuleiro do Norte e Guaiúba. Ele afirmou que todos tiveram êxito, entretanto, o balanço com o número exato de detidos e de documentos apreendidos só será conhecido à tarde. Os mandados de prisão envolvem 15 funcionários do Detran (Departamento Estadual de Transito), oito despachantes e uma auto-escola.

Informações preliminares dão conta que o esquema forneceu cerca de 5.000 documentos falsos em pouco mais de um ano. O prejuízo aos cofres públicos é estimado em pelo menos R$ 3 milhões.

Caixinha

Antares afirma que o processo de emissão de CNH era corrompido de várias formas. Duas delas chamaram a atenção durante as investigações. Na primeira o funcionário da auto-escola deixava uma "caixinha" no porta-luvas do veículo durante a realização do exame prático.

"O avaliador abria o porta-luvas, pegava o dinheiro e, se necessário, aprovava até cego em exame", afirma o inspetor.

A outra forma é a clonagem de documentos. Por meio de atestados falsos, os despachantes solicitavam segunda via de CNH e do documento do veículo e enviava para os funcionários participantes do esquema no Detran. De posse dos documentos "esquentados" eles desviavam cargas diversas.

Um anúncio oficial só deverá ser feito à tarde com mais detalhes sobre o caso.

São Paulo

Em junho deste ano a chamada Operação Carta Branca realizada em São Paulo, desmontou um esquema de emissão ilegal de CNH.

Foram emitidas pelo menos 30 mil CNHs de forma fraudulenta e o esquema contava até com a participação de policiais civis e derrubou um delegado do Detran.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 197 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal