Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

05/11/2008 - Jornale Curitiba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Documentos comprovam fraudes em contas de mais empresas de telefonia

Por: Débora Iankilevich

Homem acusado de ser o mentor da quadrilha depõe nesta quinta-feira.

O Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) confirmou nesta quarta-feira (5) que os documentos apreendidos com a quadrilha acusada de usar o sistema da empresa de telefonia Brasil Telecom, para anular ou diminuir o valor de contas telefônicas, comprovam que também estavam sendo fraudadas contas de outras empresas telefônicas, entre elas a Vivo, a GVT e as contas de celular da Brasil Telecom.

Segundo o delegado do Cope Francisco Caricati, que comandou as investigações, todos os documentos recolhidos durante os cumprimentos dos mandados confirmaram as suspeitas da polícia. “Ficou comprovado que estas empresas também eram fraudadas. Encontramos arquivos dentro dos computadores que evidenciaram as fraudes”, afirmou o delegado.

Ainda segundo Caricati, a polícia já entrou em contato com as três empresas e elas informaram que iriam iniciar levantamentos. “Auditores da Brasil Telecom já estão fazendo inclusive uma perícia nas contas de celular para apurar o tamanho da fraude”, explicou. O delegado disse que, desde terça-feira (04), cerca de 35 pessoas já foram ouvidas pela polícia - todas beneficiadas pelo esquema. “Primeiro estamos ouvindo as pessoas que apenas foram beneficiadas pelo esquema da quadrilha. O que posso dizer é que elas estão confirmando tudo o que a nossa investigação já tinha constatado”, informou.

Para esta quinta-feira (06), estão previstos os depoimentos mais importantes, dentre eles o de Vandré de Oliveira Araújo, o homem acusado de ser o mentor da quadrilha, além de alguns funcionários da Brasil Telecom e de outros integrantes da quadrilha responsáveis por captar futuros beneficiários para o grupo. Segundo a polícia, ainda não foi possível fazer um balanço de todo o material que foi apreendido durante a operação.

Mais uma das pessoas beneficiadas pelo esquema se apresentou nesta quarta-feira (05) no Cope. Márcio Braga Alves da Silva estava foragido e foi até a delegacia no período da manhã juntamente com sua advogada. Segundo a polícia, ele permanece preso e deverá ser ouvido nas próximas horas. Até agora, 60 pessoas já foram presas pela operação e outras 13 permanecem foragidas.

Cerca de 200 policiais civis iniciaram às 6 horas da manhã de terça-feira (04) a operação Espectro para cumprir 73 mandados de prisão e busca e apreensão, expedidos pelo juiz da VIP, Pedro Luis Sanson Corat, nos três estados do Sul do país. A polícia estima que a quadrilha gerou prejuízos de mais de R$ 7,5 milhões para a Brasil Telecom.

Dentre as fraudes cometidas estão alteração de cadastros, retirada de bloqueio de clientes inadimplentes, e principalmente, retificação indevida de faturas reduzindo os valores originais em até 95%. A quadrilha era composta por Vandré de Oliveira Araújo, acusado de ser o mentor do grupo, nove co-autores, funcionários da empresa e centenas de beneficiários.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 180 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal