Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

04/11/2008 - pe360graus Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Delegacia registra aumento de queixas de estelionato com pagamento do 13°


Em época de pagamento do 13° salário, a Delegacia de Repressão ao Estelionato tem registrado queixas de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS) que estão sendo lesados por contratos de empréstimos que os beneficiários não contraíram.

De acordo com o delegado Evaldo Guerra, são registradas, em média, dez queixas por dia. Bandidos estão usando informações dos documentos de aposentados e pensionistas do INSS para abrir contas e fazer empréstimos em bancos e financeiras.

Casos como o do aposentado Geraldo da Mota. Ele foi vítima de dois golpes: no primeiro, o desconto foi de R$ 83,70; depois, percebeu que tinha outro desconto no contra-cheque, de um outro empréstimo que ele também não fez. Juntos, os dois empréstimos somavam mais de R$ 5 mil reais.

Ao perceber que veio descontado, no salário, uma quantia referente a um empréstimo que não contriu, Geraldo entrou em contato com o INSS. “Eles me orientaram a procurar uma delegacia e registrar a quaixa. Depois, apresentei o boletim de ocorrência e eles pediram o número de minha conta bancária para cancelar o desconto”, explicou o aposentado.

O delegado Erivaldo Guerra aponta como uma das principais dificuldades para pegar os estelionatários a falta de colaboração por parte das empresas que concedem esses empréstimos. “Eles não divulgam os dados referentes a essas transações, o que dificulta a ação da polícia”, alegou.

“Esse tipo de quadrilha age em todo o Brasil. Nós já pedimos à Justiça a quebra do sigilo, o Ministério Público também pediu, e eles correm o risco de não cumprir com uma determinação judicial”, completou Guerra.

Uma forma de evitar os golpes, segundo o delegado, seria dificultar a concessão desses empréstimos. “Teria que mudar esse processo para coibir a ação dos bandidos”, acredita.

A orientação aos aposentados e pensionistas é sempre olhar o valor do benefício e acionar o INSS, através do telefone 135, quando verificarem algum desconto de um empréstimo que não contraíram.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 222 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal