Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/10/2008 - Bem Paraná Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpista usava nome de hospital


O golpista que usava o nome do Hospital Erasto Gaertner para pegar dinheiro de comerciantes foi preso na tarde de quarta-feira, por policiais da Delegacia de Furtos e Roubos. O suspeito, de 53 anos, tentava sacar um cheque em uma agência bancária quando foi surpreendido.
Segundo levantamentos da polícia, ele se passava por representante do hospital e procurava comerciantes pedindo colaborações para ajudar na campanha de combate ao câncer de colo do útero. “Ele tinha lábia muito boa e conseguia enganar as pessoas, que acreditavam estar fazendo uma boa ação”, explicou o delegado-chefe da DFR, Luiz Carlos Oliveira.

Uma das vítimas entregou ao falsário um cheque no valor de R$ 280. Logo em seguida, ligou para o hospital contando sobre a colaboração e foi informada que não existia nenhuma pessoa autorizada para fazer este tipo de trabalho.
Ao descobrir que foi enganada, a vítima foi até o banco para tentar suspender o pagamento do cheque e notou que o homem estava na agência para sacar o dinheiro. A polícia foi acionada e chegou a tempo de efetuar a prisão. “O comerciante teve muita sorte e ajudou a polícia, que tirou de circulação o falsário, que se aproveitava da boa-fé das pessoas para aplicar golpes”, disse o delegado.
Na delegacia foi descoberto que ele já tem passagens pela polícia. Ele foi autuado em flagrante por estelionato, e está preso, à disposição da Justiça. A investigações serão direcionadas para apurar se mais pessoas caíram no golpe. Se alguém foi vítima de um golpe semelhante pode entrar em contato com a DFR, pelo telefone (41) 3218-6106.
“É importante que as pessoas sempre desconfiem, quando alguém pede colaboração em nome de qualquer instituição. Em caso de suspeita a polícia deve ser avisada imediatamente”, solicitou o delegado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 192 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal