Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/10/2008 - Gazeta Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia apreende 3 mil pacotes de cigarros falsos durante operação em Guarapari


Cerca de 3 mil pacotes de cigarros falsificados foram retirados do comércio na tarde desta quinta-feira (30), durante operação realizada por policiais da Delegacia de Defraudações (Defa) com apoio de integrantes da Associação de Combate ao Mercado Ilegal. A ação aconteceu em Guarapari e o responsável pelo material acabou detido.

Segundo informações do delegado Lauro Coimbra, a polícia descobriu o crime após receber relatórios com dados referentes ao contrabando de cigarros falsos que chegavam do Paraguai, passavam por São Paulo e, posteriormente, vinham para o Espírito Santo. O documento ainda pontuava quais cidades capixabas receberiam os carregamentos do material falso.

Desde a última segunda-feira (27) mais de 50 mil maços de cigarros foram apreendidos, destaca o delegado Lauro Coimbra. Nesta quinta-feira (30), um dos homens responsáveis por receber e distribuir a carga, identificado por Francisco Alves do Nascimento, de 36 anos, foi preso. O acusado estava na casa onde mora, no bairro Aeroporto, quando foi surpreendido pela polícia.

Em revista no interior da residência, a equipe que participou da ação encontrou 3 mil maços de cigarros (o equivalente a 60 mil unidades) prontos para serem comercializados. Francisco Alves foi encaminhado para a Defa onde prestou depoimento e confessou participação no esquema de venda de cigarros ilegais.

Em depoimento, ele disse que mantinha contato com uma pessoa identificada apenas por "Nicodemos". Esse homem seria o responsável por enviar de São Paulo, os carregamentos de cigarros pedidos por Francisco. Para chegar ao Estado, o material era trazido em carros, ônibus e até por serviços de transportadoras.

De acordo com o delegado Lauro Coimbra, as cidades que mais recebiam os falsos cigarros eram Guarapari, Cariacica, Vila Velha, Colatina, Linhares, Jaguaré, Iúna, Irupi e Piúma.

Francisco Alves do Nascimento foi autuado por crime contra a ordem tributária e crime contra as relações de consumo. O acusado, no entanto, foi liberado após assinar um termo circunstanciado. A polícia ainda vai investigar a participação de outros bandidos no esquema de venda de cigarros falsificados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 202 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal