Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/10/2008 - 180 Graus Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Advogados alertam para a ocorrência de crimes na internet

Por: Flávio Moura

Daniel Oliveira e Wildson Oliveira afirmaram que esses crimes estão crescendo no Piauí

Os advogados Daniel Oliveira e Wilson Oliveira vieram ao 180graus na manhã desta segunda-feira (27) para falarem sobre os crimes na internet que acontecem com muita intensidade em todo o Estado do Piauí. Eles destacaram como acontecem e quais medidas os cidadãos devem tomar para conseguirem solução para esses casos.

Segundo Daniel Oliveira, a ocorrência desses crimes está bastante crescente e o poder judiciário está bastante atento a eles. São crimes com conseqüências bastante graves, que podem acarretar problemas sérios para as vítimas, como danos na saúde mental.

Daniel Oliveira é o advogado de defesa de uma mulher (nome não divulgado) que foi vítima de um crime pela internet. Ela teve a sua imagem denegrida em uma página criada no site de relacionamento do Google, o Orkut, sem a devida autorização. Na página, informações falsas foram veiculadas contra ela, contendo dados importantes como seu número de telefone.

O caso foi mostrado pelo 180graus e teve uma conclusão positiva para a vítima: ganhou a causa no dia 16 de outubro, na 2º Vara Cível, onde o juiz responsável autorizou uma liminar que obrigava o Google a retirar o perfil não autorizado do Orkut.

Ainda de acordo com o advogado Daniel Oliveira, no Piauí acontecem muitos crimes via internet, mas apenas 1% deles é registrado, denunciado. No âmbito penal, quem for vítima desses crimes deve procurar, a princípio, um profissional do Direito (Advogado), que levará o caso ao Ministério Público para obter solução.

“Os crimes praticados na internet, principalmente pelo site de relacionamento do Google (Orkut) são facilmente praticados em virtude do uso do anonimato. Os criminosos usam perfis falsos (Fakes) para denegrir imagens de outrem e não são descobertos pela Polícia Federal por causa do anonimato”, destacou Daniel Oliveira.

Já segundo o advogado Wildson Oliveira, o primeiro passo para a redução desses crimes é a aprovação da lei estadual que determina que seja feito um cadastro de usuários de computadores em lojas de internet (Lan Houses). “Em São Paulo essa lei já está em vigor (Lei 12.228 / 2006) e determina que seja feito um cadastro dos IPs e dos usuários, facilitando o trabalho da Polícia”, frisou.

Os advogados Daniel Oliveira e Wildson Oliveira foram unânimes em afirmar: “tem que haver mais conscientização por parte das pessoas que usam a internet. Os pais, as autoridades e as escolas devem estar atentos aos adolescentes, principalmente, uma vez que eles cometem esses crimes, muitas vezes, sem terem consciência que são crimes.”

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 237 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal