Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/09/2006 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Brasil é balão de ensaio para crimes virtuais, diz pesquisador

Por: Juliana Carpanez


O alto investimento de instituições financeiras na proteção de seus sistemas tornou o internet banking no Brasil uma referência para outros países. Da mesma forma, os criminosos locais -- que trabalham para burlar estes fortes esquemas de segurança -- inspiram piratas estrangeiros, que copiam estratégias e códigos maliciosos criados por aqui.

A informação foi levantada pelo engenheiro Marcelo Lau, professor de segurança em tecnologia da informação e especialista em forense computacional da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), que realizou um trabalho sobre internet banking para seu mestrado na Politécnica. “Os golpes evoluem conforme o aumento de mecanismos de segurança adotados pelos bancos”, afirmou o especialista, lembrando que no Brasil esta “blindagem” é levada a sério.

E neste cenário em que os brasileiros ditam tendências, Lau prevê novidades bastante desagradáveis. “Os códigos maliciosos devem ganhar força nos telefones celulares, que agora já realizam transações financeiras. Além disso, é preciso ficar atento à possível criação de softwares espiões que se auto-replicam”, disse o professor. Atualmente, estas pragas se espalham via e-mail e comunicadores instantâneos, mas não o fazem de maneira automática.

Perfil das vítimas

No estudo que analisa a evolução das fraudes virtuais entre 2002 e 2005, o pesquisador também explica por que os homens são mais suscetíveis a golpes do ambiente eletrônico. “As mensagens fraudulentas prometem conteúdo que atrai mais a atenção do público masculino, como fotos de mulheres”, diz o especialista.

Segundo estudo do Comitê Gestor da Internet divulgado há um ano, o alvo favorito de criminosos da internet são homens com idades entre 16 e 34 anos, das classes A e B, com renda mínima de R$ 1.800 e moradores de grandes capitais, como São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro. Na maioria dos casos, os piratas virtuais também são homens, com idade entre 18 e 25 anos, de classe média ou média alta.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 454 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal