Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/10/2008 - Campo Grande News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Carros “somem” de garagem investigada por estelionato

Por: Aline Queiroz


Os carros da garagem Siqueira Automóveis “desapareceram” do pátio da empresa, que é investigada por estelionato contra clientes. As placas de propaganda, de um dos mais conhecidos pontos de semi-novos da cidade, também não estavam no estabelecimento, que funcionava na Avenida Bandeirantes, em Campo Grande.

Não existe informação oficial que aponte o fim das atividades da revendedora. A reportagem do Campo Grande News conseguiu falar com uma funcionária, que não quis revelar o nome, e revela que a empresa está em mudança.

No entanto, ela afirma que não existe novo local para a garagem. Ela conta que as duas funcionárias que ainda estão na empresa só ficarão até a “entrega do prédio”.

“Não sei de fechamento”, disse o advogado da empresa, Paulo Groti em um primeiro contato telefônico, mas logo depois, em outra ligação, ele confirmou que "hoje a empresa decidiu encerrar as atividades de vez".

Sobre inquérito instaurado pela Decon (Delegacia de Atendimento ao Consumidor), para apurar denúncia de que alguns clientes teriam levado calote da empresa ou recebido cheque sem fundos, ele garante que não recebeu intimação para prestar esclarecimentos acerca do caso.

De acordo com o delegado Adriano Garcia, duas vítimas já registraram boletim de ocorrência contra o estabelecimento. Outras dez pessoas também entraram em contato com a Polícia para pedir informações da empresa, entretanto, ainda não formalizaram ocorrência.

Garcia ressalta que a maior dificuldade é identificar as vítimas, portanto, pede que as pessoas compareçam à delegacia para registrar boletim de ocorrência. Nos dois casos que já são investigados pela Decon, a garagem é suspeita de aplicar golpe contra proprietários de dois veículos, um no valor de R$ 13 mil e outro de R$ 11 mil.

Depois da matéria publicada pelo Campo Grande News, em 16 de outubro, sobre o caso, duas pessoas que afirmam ter sido lesadas pela empresa também resolveram relatar o prejuízo sofrido. Nilza Rocha dos Santos deixou o Fiat Uno para vender na garagem, o carro foi vendido e a dor de cabeça ocorreu na hora de receber o pagamento do veículo. Depois de muita insistência, ela recebeu em várias parcelas e faltaram R$ 3,5 mil.

Já a situação de Doralice Josefa de Andrade Silva foi diferente. Da venda do Pálio do esposo, nenhum centavo chegou ao bolso da família. A empresa comprou o carro pelo valor de R$ 10.930,00, a proprietária recebeu um cheque sem fundos e apenas uma explicação da direção da empresa: “Você tem que entender que estamos passando por uma situação difícil”.

Doralice pontua ainda que por várias vezes procurou a empresa e sempre foi "maltratada". Em uma ocasião, ela chegou a acionar a Polícia para ser atendida. “Sinto-me lesada. Acho injusto e espero que a Justiça seja cumprida porque eu não posso ficar no prejuízo”, lamenta.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 219 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal