Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/10/2008 - Jornal de Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Queriam comprar carro com falso cartão de crédito

Por: Nuno Miguel Maia


Um alerta da Unicre relativamente à aquisição de um carro de luxo com um cartão de crédito clonado levou a Polícia Judiciária do Porto a deter dois estrangeiros por contrafacção. O golpe iria render quase 100 mil euros.

Um indivíduo norte-americano e outro oriundo de um país nórdico chegaram ao Porto, na passada quinta-feira, provenientes de Madrid. Traziam vários cartões de plástico com banda magnética, um computador e um pequeno aparelho que dava para gravar dados de cartões de crédito verdadeiros em cartões falsos.

A partir desse momento, começaram a trilhar vários estabelecimentos comerciais, onde faziam compras com cartão de crédito. Um dos indivíduos, o dos Estados Unidos, trazia até um passaporte norte-americano com uma foto de alguém muito parecido consigo. Este dado era essencial nas compras mais elevadas, gerando confiança do vendedor.

O grande golpe era para acontecer com a aquisição de um carro de luxo, directamente num stande. A viatura, no valor de 90 mil euros, chegou a ser paga com o cartão de crédito - os indivíduos chegavam ao ponto de saber que o limite do cartão de crédito ultrapassava aquele valor.

A Unicre registou a transacção, mas manteve-a em suspenso, avisando a PJ. Foi então verificado que os indivíduos continuaram com as compras e não demorou a que os inspectores percebessem o modo de actuação dos suspeitos, tendo sido registada a utilização de 14 cartões diferentes, oriundos de contas bancárias de todos os continentes do Mundo.

Foram detidos e foi-lhes apreendida a máquina de gravação de dados em cartões de crédito e foi comprovado que o passaporte, afinal, fora furtado nos Estados Unidos. Além dos 90 mil euros no automóvel, foram "gastos" cinco mil em outros artigos. Mas a Unicre conseguiu cancelar a tempo a concretização das operações.

"Sabemos que está aqui o 'cérebro' da rede. Noutros casos, os cartões são gravados no estrangeiro e a tentativa de levantamento de dinheiro acontece cá. Desta vez, verifica-se a gravação e utilização", explicou Rui Nunes, coordenador de investigação criminal da PJ do Porto.

A origem da clonagem dos cartões vai agora ser investigada. "Como eram provenientes de todo o Mundo, os dados tanto podem ter sido recolhidos através da Internet como através de um qualquer local turístico, comum a muitas pessoas", acrescenta Rui Nunes, não descartando a hipótese de, noutros países, haver mais elementos envolvidos. De 25 e 40 anos, os dois indivíduos foram interrogados anteontem no Tribunal de Instrução Criminal do Porto e ficaram em prisão preventiva, dada a existência de perigo de fuga.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 268 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal