Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/10/2008 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende PMs suspeitos de fraudes em compra de carros


Quatro pessoas foram presas na manhã desta sexta-feira (17) em municípios da Região dos Lagos, suspeitos de tráfico de drogas, envolvimento com milícias e grupos de extermínio, além de participação em esquemas de fraude de compra e desmanche de carros. Entre os presos, segundo a Polícia Civil, estão três policiais militares. A polícia esclareceu que, além dos quatro presos, outras duas mulheres foram detidas, mas liberadas após depoimento.

Os presos e o material apreendido foram levados para a sede da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, na região metropolitana do Rio.

Segundo o delegado Paulo Henrique da Silva Pinto, após escutas telefônicas autorizadas pela Justiça e depois da prisão de um agente funerário, a polícia conseguiu seis mandados de prisão contra um dos grupos nos municípios de São Pedro da Aldeia e Araruama – por tráfico de drogas e fraudes envolvendo compra de veículos. Outros dois mandados de prisão por extorsão e assassinato não foram cumpridos porque os suspeitos conseguiram fugir. Os dois foragidos seriam um outro PM e seu irmão.

Esquema usava documentos de mortos

Segundo o delegado, após a prisão do agente funerário, a polícia descobriu o esquema de fraude na compra de carros. O agente teria contado que falsificava documentos de mortos para que a quadrilha comprasse carros financiados em seus nomes. Os policiais usavam os veículos que, depois de usados, eram entregues ao dono da oficina para desmanche e venda das peças.

Foram apreendidos um revólver, quatro carros, cerca de três quilos de maconha e cocaína, computadores e documentos que comprovariam a fraude na compra de veículos.

A assessoria da Polícia Militar informou que não irá se pronunciar sobre o caso. Segundo o delegado, os presos confessaram participação em fraudes em compra de carros, tráfico de drogas, mas negaram participar de grupos de extermínio.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 204 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal