Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/10/2008 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cédulas falsas na renda do clássico


Dois mil reais em notas de R$ 50,00, falsificadas de modo bastante grosseiro, passaram pela bilheteria do Estádio Castelão, no último clássico entre o Fortaleza e o Ceará, no sábado passado. As notas chegaram às mãos da Polícia ontem pela manhã, levadas pelo representante da Federação Cearense de Futebol, Irapuan Monteiro.

“Já tinha ocorrido isso outras vezes, em quantidade menor. Desta vez foram 40 notas, o que resultou num prejuízo de dois mil reais. Não podíamos mais deixar passar´, disse.

Irapuan entregou as notas falsas ao delegado Andrade Júnior, titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF). Entre elas, havia até notas com os dois lados descolando, ou colados ao contrário. “A falsificação é muito grosseira, fácil de perceber. Por esta razão, o caso sai de moeda falsa para o crime de estelionato”, explicou o delegado.

Segundo Irapuan, quando o dinheiro sai das bilheterias do estádio, vai para a tesouraria. Em seguida, a parte destinada à Federação é levada em malotes, por uma empresa de segurança. ´Todas as pessoas que passaram as notas falsas serão ouvidas e indiciadas´, destacou Andrade Júnior.

Perícia

A Polícia vai encaminhar as cédulas falsas para o Instituto de Criminalística, onde serão realizadas perícias. A Delegacia de Defraudações poderá, ainda, encaminhar o caso à Polícia Federal. Outra medida da Polícia será intensificar a vigilância velada nas bilheterias do Castelão sempre que forem realizados jogos com maior fluxo de público.

Em outra frente de trabalho, os investigadores daquela Especializada continuam fazendo operações em toda a Capital com o objetivo de impedir o funcionamento de bingos.

Somente esta semana, dois bingos ilegais foram localizados e fechados pela equipe da DDF com o apoio do Departamento de Polícia Especializada (DPE). Em um deles, localizado no bairro da Varjota (Zona Leste da Capital), os policiais apreenderam máquinas em forma de maletas através das quais os apostadores faziam seus jogos usando cartões de crédito.

O homem apontado como dono do bingo, um suíço, não teve sua identidade revelada. A DDF pediu o auxílio da PF para saber se ele está morando regularmente no Brasil.

No local da operação foram apreendidos também cerca de 20 computadores. A ação policial foi respaldada em um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 208 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal