Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/10/2008 - Pantanal News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Interação entre países deve fortalecer combate à criminalidade

Por: Gizele Cruz de Oliveira


A reunião de especialistas brasileiros e internacionais em segurança e justiça deve ajudar a trazer “nova luz” sobre as ações possíveis de serem executadas para combater a criminalidade. Essa foi a expectativa manifestada pelo governador André Puccinelli ao abrir hoje (15) a quarta edição do Fórum Internacional de Justiça (FOR-JVS), na Capital. O evento, que conta com apoio do governo sul-mato-grossense na realização, tem entre os expositores a participação de autoridades do Judiciário, Ministério Público, e estudiosos do Brasil, Estados Unidos, Portugal, Itália, Inglaterra, Turquia e Egito.

Essa pluralidade, avalia o governador, deve gerar importantes contribuições mútuas no combate especialmente ao crime organizado. “Que a união de esforços e as idéias de todos os que estão presentes ajudem a transformar essa realidade”, disse André. Ao fim do Fórum, os acordos serão compilados na Carta de Campo Grande, um instrumento que servirá de base não somente às delegações participantes, mas também será distribuído pelo mundo. Confiante nos resultados dos debates, Puccinelli disse que, ao voltar às cidades, estados e países de origem, as instituições terão mais condições de produzir a tranqüilidade da sociedade.

Policiais e demais agentes dos organismos de segurança de Mato Grosso do Sul participam dos três dias de discussões no fórum. O secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, considera que o encontro é importante por trazer as melhores práticas policiais dos diversos países contra o crime organizado. “E nós aqui também apresentamos as nossas formas de enfrentamento. Com isso, há um intercâmbio de informações e conhecimento que, com certeza, vai aperfeiçoar o combate ao crime – organizado ou não”, disse Jacini. O que Mato Grosso do Sul tem de melhor a demonstrar, ele ressalta, é o combate às drogas e crimes conexos e à lavagem de dinheiro.

Internacional

Entre os participantes internacionais, está o desembargador português Orlando Afonso, para quem o intercâmbio informacional representa ganho para todos os países. No encontro, o jurista lusitano apresentará a experiência que tem facilitado a captura de criminosos entre as nações membros da União Européia, por meio da possibilidade de juízes de um país-membro expedir ordem de prisão para outro.

Presidente de honra do For-JVS 2008, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Carlos Veloso é um dos principais palestrantes no primeiro dia do evento. O tema da apresentação de Veloso é um assunto que ganhou destaque nos últimos meses por conta das eleições municipais – as reformas eleitorais e as candidaturas dos chamados “ficha-sujas”, pleiteantes a cargos eletivos que têm pendências com a Justiça.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 179 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal