Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/10/2008 - TEK Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

30 milhões afectados por falsos antivírus


A Panda Software estima em trinta milhões o número de pessoas atingidas por falsos antivírus. Programas que se escondem em mensagens de correio electrónico ou sites que o utilizador visita e por essa via entram no seu computador para o avisar de que supostamente está infectado com vírus. A solução para o falso problema passa pela compra de um programa de segurança.

O sistema visa enganar o utilizador e vencê-lo pelo cansaço, já que está constantemente a disparar pop-ups que o avisam do suposto risco que está a correr. Se o utilizador ceder e comprar o produto está a entregar dados pessoais e a desencadear a verdadeira situação de insegurança.

Este tipo de ataque tem-se intensificado nos últimos meses e segundo a Panda multiplica-se actualmente por mais de 7 mil variantes, que dificultam a vida às empresas de segurança e aos produtos legítimos instalados no PC.

Os promotores deste tipo de iniciativa estará, segundo as mesmas estimativas, a facturar cerca de 10 milhões de euros por mês, tendo em conta que o programa que propõem adquirir tem um preço em torno dos 50 euros.

Os utilizadores que adquiriram o falso programa de segurança não chegaram a receber qualquer retorno depois de pagarem o valor pedido. Até à data não existem indicios de que os dados bancários dos utilizadores sejam usados posteriormente, o que poderia elevar os danos causados pela cedência deste tipo de informação.

Além do email e da navegação online são formas comuns de receber inadvertidamente este tipo de adware, a utilização de programas peer-to-peer, a resposta a e-greetings ou o download de programas com falhas de segurança, acrescenta a Panda Software, que também refere a identificação de um caso em que a página e entrada da Google foi o veículo utilizado para manipulação.

O Tek mostra-lhe alguns dos exemplos recolhidos pela empresa de segurança, que mostram formas assumidas por este tipo de adware.


Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 149 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal