Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/10/2008 - Diário da Manhã Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Maioria das modificações é artesanal

Por: Iris Bertoncini


Falsificação de cédulas é crime previsto no artigo 289 do Código Penal, com pena prevista de três a 12 anos de prisão. Segundo Manoel Tavares Santos, a maioria das falsificações são artesanais, feitas por quadrilhas amadoras.

Com novas tecnologias e maior acesso da população à informática, as falsas crescem 10% ao ano. No período de oito anos, aumentaram R$ 15 milhões no Brasil.

“A quantidade de fasificações no País é irrisória”, declara Tavares, também perito e supervisor da equipe de fiscalização do Banco Central. Sobre as moedas, ele informa ser baixo o índice de imitações, pela dificuldade e pelo custo de produção. “Feita de aço inoxidável, cobre e bronze, necessita de prensa para dar qualidade.”

Em relação aos outros países, o analista considera defasado o nível de segurança do real. “O BC investiu em novas máquinas e lançará nova família de notas no próximo ano”, diz.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 227 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal