Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

28/09/2006 - Rondonioa Agora / Agência Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF prende 5 com mala de dinheiro no Amazonas


MANAUS - A Polícia Federal prendeu na noite desta quinta-feira, em Tefé, a 525 quilômetros de Manaus, cinco pessoas ligadas ao governador Eduardo Braga (PMDB), que estavam num carro com uma mala com R$ 220 mil em dinheiro.
De acordo com o superintendente da Polícia Federal no Amazonas, Kércio Pinto, as primeiras informações, colhidas por um delegado da Polícia Civil, é que o dinheiro estaria sendo distribuídos para cabos eleitorais, sem especificar de quem.
"Os depoimentos estão sendo colhidos no posto avançado da PF em Tefé, mas como estávamos sem delegado e só com agentes, pedimos ajuda ao colega da Polícia Civil. Amanhã (nesta sexta-feira, 29) os cinco, que foram presos em flagrante, devem ser trazidos para Manaus", afirmou o superintendente.
A assessoria do governo do Estado afirmou que o dinheiro foi assumido "com origem comprovada" de um candidato a deputado estadual pelo PP, Rodrigo Costa, da coligação que busca a reeleição de Braga, a Pelo Bem do Amazonas, dos partidos PMDB, PRTB, PTB, PMN e PP. O valor, segundo a assessoria, seria para pagar cabos eleitorais envolvidos na campanha de Rodrigo.
A denúncia, de acordo com a assessoria, teria sido feita pelo prefeito de Tefé, Sidônio Gonçalves (PFL). A reportagem tentou falar com o prefeito da cidade, mas não obteve resposta.
Ainda segundo a assessoria do governo do Estado, a PF iria liberar ainda na noite desta quinta-feira o vereador em Manaus e candidato a deputado federal Ari Moutinho (PMDB), um dos cinco que estavam no carro e presos em flagrante. Moutinho foi indiciado em 2004 por suposta fraude em licitações, na Operação Albatroz da Polícia Federal, enquanto era secretário de governo de Braga.
Também foi preso em Tefé o atual prefeito de Coari, Adail Pinheiro (PMDB), e outras duas pessoas, identificadas pelo superintendente da PF à reportagem como um outro político e um membro da Casa Militar do governo Braga.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 485 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal