Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/10/2008 - Amcham News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Pirataria de software causa prejuízo de R$ 61 milhões para economia de PE

Por: Dirceu Pinto


O Estado de Pernambuco perdeu, em 2007, cerca de R$ 61 milhões em função da pirataria de software e é, atualmente, a décima unidade federativa no ranking dos estados com os maiores prejuízos causados pela pirataria nos variados setores da economia, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES).

“O Brasil não é produtor, mas é um dos maiores consumidores da pirataria. Em todo o País, o número superou R$ 1,6 bilhão em 2007. A falsificação de produtos é um mercado que movimenta ao todo US$ 522 bilhões no mundo e já ultrapassa os US$ 360 bilhões do tráfico de drogas”, completou Renata Faro, secretária executiva do Grupo de Trabalho Antipirataria da ABES. Ela participou da edição pernambucana do evento “Propriedade Intelectual Gerando Negócios, realizado nesta última quinta-feira (09/10).

De acordo com levantamento da Abes, se pirataria de software fosse reduzida em 50%, o Brasil contaria com mais de 1,3 mil empregos diretos e indiretos. No caso da a indústria de Tecnologia da Informação de Pernambuco, haveria um acréscimo no faturamento superior a R$ 110 milhões e o Estado ganharia um aumento na arrecadação de impostos da ordem de R$ 14,8 milhões.

Combate

No entanto, para reverter esse cenário, segundo Renata Faro, o combate à essa prática ilegal tem sido bastante intensificado. Somente no primeiro semestre deste ano foram realizadas mais de 375 ações em todo o Brasil, que resultaram na apreensão de 779 mil CDs contendo programas piratas. Além disso, foram retirados do ar 6.851 anúncios destinados à divulgação do comércio de produtos ilegais e 208 sites que comercializavam softwares piratas, um aumento de 71% em relação ao mesmo período do ano passado.

“Os resultados obtidos no período refletem o intenso trabalho desenvolvido pelas iniciativas pública e privada nos âmbitos repressivo, econômico e educacional. “Este último pilar é fundamental, pois acreditamos que somente com a conscientização e o apoio da sociedade será possível acabar com esse crime que assola o País”, enfatizou Antônio Eduardo Mendes da Silva, coordenador-substituto do Grupo de Trabalho Antipirataria da ABES, que também participou do encontro.

Nos seis primeiros meses de 2008, ele revela que a entidade registrou 4.770 mil contatos por e-mail e por telefone relacionados a denúncias e solicitação de informações. Como conseqüência, foram enviadas 925 notificações extrajudiciais às companhias infratoras.

Ciclo de eventos no País

Disseminar os impactos negativos da pirataria na economia do Brasil e, especificamente, na indústria de software este é o principal objetivo do evento “Propriedade Intelectual Gerando Negócios".

O encontro, que está sendo realizado pela Amcham e pelo Business Software Alliance (BSA), com o apoio da ABES e do Ministério da Justiça, por meio do Conselho Nacional de Combate a Pirataria (CNCP), já foi realizado, neste ano, nas cidades de Salvador, Belo Horizonte, Campinas.

Até o final de 2008, os municípios de Curitiba (13 e 14/11), Ribeirão Preto (20 e 21/11), Goiânia (27 e 28/11) e Joinville (11 e 12/12) também vão sediar edições do encontro sobre propriedade intelectual.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 258 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal