Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

05/10/2008 - Jornal da Cidade de Bauru Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Aparelho para clonar cartões magnéticos é apreendido em Bauru

Por: Wagner Carvalho


Um aparelho que captura informações da linha magnética do cartão bancário, assim como a senha digitada pelo usuário, foi apreendido ontem em Bauru. Conhecido por “chupa-cabras”, o equipamento estava instalado em uma máquina de auto-atendimento do Banco Nossa Caixa que funciona em um estabelecimento comercial da cidade cujo nome não foi divulgado. Dois homens acusados de terem colocado o aparelho na máquina foram presos.

M.B., 25 anos, e G.M., 31 anos, admitiram aos policiais militares que instalaram o aparelho no caixa eletrônico pela manhã e, do quarto de um hotel na cidade, com o auxílio de um notebook, armazenavam as senhas dos clientes que utilizavam a máquina de auto-atendimento. Com os dados e a senha da conta, o golpista clonam o cartão do cliente do banco sem que ele nada perceba. A partir daí, faz saques, transferências, empréstimos e outras operações bancárias como se fosse o titular da conta.

Os dois acusados foram surpreendidos pelos policiais quando saíam do estabelecimento após retirarem o dispositivo. Eles contaram que chegaram à cidade na sexta-feira e que, antes de instalar o aparelho no estabelecimento, tentaram no caixa eletrônico da Nossa Caixa que funciona em frente ao Departamento de Estradas e Rodagens (DER), na avenida Cruzeiro do Sul, mas não obtiveram sucesso.

Com os acusados os policiais encontraram cerca de R$ 1,6 mil, cuja origem era desconhecida. Além do dinheiro, a PM apreendeu também o “chupa-cabras”, as câmeras instaladas no caixa eletrônico que possibilitavam aos acusados verem os clientes digitando as senhas, o notebook e fios, cabos e chaves utilizados para instalação dos dispositivos nos caixas.

No último mês, diversos clientes da Nossa Caixa foram lesados em Bauru, vítimas desse tipo de golpe. No dia 24, uma mulher de 36 anos, moradora na cidade, se assustou ao conferir o extrato de sua conta bancária. Ela descobriu que um saque de R$ 4,8 mil havia sido feito de sua conta e que um empréstimo pessoal no valor de R$ 9 mil havia sido feito em seu nome na Capital.

Anteriormente, outras pessoas da cidade, clientes do banco, passaram pelo mesmo constrangimento. Uma mulher, que pediu para não ter o seu nome divulgado, descobriu empréstimo de R$ 9 mil em seu nome. Ao procurar a agência da Nossa Caixa, ela conseguiu impedir que R$ 3 mil do total fossem transferidos para conta dos golpistas. Porém, R$ 6 mil já haviam sido pagos. Ao negociar com o gerente da agência, ela conseguiu ter o valor ressarcido. Ela relatou que, há alguns meses, uma amiga sua sofreu um rombo ainda maior na conta, de R$ 21 mil, e até hoje negocia com o banco para ser ressarcida.

Banco

Recentemente, a Nossa Caixa informou lamentar os transtornos ocorridos e afirmou que todos os clientes que tiverem a fraude confirmada serão indenizados. Ainda de acordo com o banco, desde o último dia 26, todas as máquinas de auto-atendimento da instituição instaladas em Bauru foram equipadas com anti-skimming (dispositivo que bloqueia o terminal caso detecte a presença de massa estranha no equipamento) e, portanto, estão preparadas para impedir a instalação de “chupa-cabras” utilizado para a clonagem de cartões.

A instituição financeira orienta os clientes, em casos de suspeita de clonagem, a cancelar imediatamente seu cartão por meio da Central de Atendimento Telefônico, cujo número pode ser conferido na fatura mensal de cada cartão, e comunicar o ocorrido à agência em que tem conta corrente.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 679 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal