Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

01/10/2008 - Alagoas 24 horas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha é presa acusada de clonar cartões de crédito

Por: Flávia Duarte e Sionelly Leite


Em uma operação desencadeada pela Delegacia do 10° Distrito Policial, seis pessoas foram presas acusadas de clonagem de cartões de crédito. As prisões aconteceram no Conjunto Village Campestre, no bairro Cidade Universitária.

De acordo com o chefe de serviços do 10º DP, Themildo Duarte das Trevas, as ações da quadrilha vinham sendo investigadas há três dias após denúncia de um empresário que foi vítima do grupo.

Durante a operação, foram presos o professor de Teologia Marcelo Nunes de Vasconcelos, 28 anos, José Ronaldo Cabral Severo, 18, Roberto de Carvalho Romão de Melo, 21, Jailton Eugênio Soares, 30, Geová Dionísio dos Santos Filho, 20, e João Paulo Alves Ferreira, 20.

Segundo as investigações, a quadrilha tinha acesso aos dados das vítimas e solicitava da operadora do cartão de crédito um cartão de dependente. Os cartões eram cadastrados em endereços de casas alugadas pelo grupo – geralmente no Village Campestre. Sempre que os cartões chegavam, a quadrilha mudava de endereço.

“Eles esperavam apenas a chegada dos cartões através dos Correios e em seguida mudavam de endereço. Enquanto estávamos prendendo os acusados, uma correspondência com mais um cartão clonado chegava à residência no Village Campestre, onde eles estavam há três dias”, ressaltou o chefe de serviço, informando ainda que o grupo havia alugado duas casas nos últimos dias, uma no Village I e outra no Village II.

“Acreditamos que mais de dez pessoas façam parte da quadrilha que clonava cartões. Seis pessoas foram presas em flagrante e continuaremos investigando. Até o momento, eles não informaram que seria o líder do grupo”, explicou Themildo.

Com os acusados, a polícia apreendeu diversos cartões de crédito, documentos de vítimas, além de um carimbo de um cartório do município. A polícia ainda não sabe informar um número médio de vítimas da quadrilha, nem quanto tempo os acusados vinham agindo em Maceió. “Nós vamos investigar e saber quem são as pessoas envolvidas no processo de clonagem. Foi encontrado um carimbo de cartório, mas ainda não sabemos se trata de mais uma falsificação ou há envolvimento de funcionários”, disse.

As seis pessoas presas durante a operação ficarão detidas na Delegacia do 10° Distrito Policial, no Conjunto Eustáquio Gomes, onde serão autuadas em flagrante.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 352 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal