Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

23/09/2006 - Diário do Grande ABC Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Detran investiga 120 auto-escolas por fraudes envie esta matéria por e-mail


A Corregedoria do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) de São Paulo tem 120 processos em andamento contra auto-escolas para apurar fraudes na emissão de carteiras de motoristas. O Detran-SP aplicou no ano 75 punições contra auto-escolas e 50 tiveram registro cancelado.

Ao flagrar irregularidades na documentação, as placas dos veículos são recolhidas. A Assessoria de Imprensa do Detran-SP informa que qualquer tipo de valor extra cobrado do candidato à CNH (Carteira Nacional de Habilitação) é indevido. O órgão afirma que a promessa de facilitação na aprovação de exame deve ser tratada como crime de estelionato, previsto no Código Penal.

O Detran-SP ressalta que quem se sentir lesado ou pressionado por qualquer auto-escola deve formalizar denúncia em distrito policial ou comparecer ao próprio órgão.

A Divisão de Crimes de Trânsito do Detran-SP realiza ações para combate de fraudes praticadas por auto-escolas. Na semana retrasada, por exemplo, oito donos de auto-escolas foram indiciados.

Os policias do Detran-SP flagraram um esquema montado em provas de Direção Defensiva e Primeiros Socorros, exigidos por lei. Funcionários das auto-escolas passavam uma “cola” aos candidatos, que, em apenas um minuto, conseguiam responder a um questionário de 30 perguntas.

Os donos das auto-escolas vão responder por crimes como falsidade documental, ideológica e falsa inserção de dados oficiais. Somente o último crime pode acarretar pena de 6 a 12 anos de reclusão.

Um dos alvos da Divisão de Crimes de Trânsito é o esquema de fraudes nos recursos de multas. Quem conseguir ilegalmente anular uma multa nas Juntas Administrativas de Recursos de Infração poderá ser convocado para prestar esclarecimentos. O recurso pode ser anulado e o motorista responder criminalmente.

A assessoria de imprensa do Detran-SP ressalta que o formulário para recurso de multa pode ser impresso no site do órgão na Internet – www.detran.sp.gov.br.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 470 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal