Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

23/09/2008 - A Tribuna Digital Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falsas financeiras reeditam o golpe do empréstimo fácil


Um porteiro e uma estudante de Minas Gerais foram vítimas da mesma quadrilha. Ele viu o anúncio no jornal; a estudante, na Internet. “Não precisaria comprovação de renda nem de nome limpo na praça”, conta o porteiro. Eles queriam empréstimos de R$ 5 mil.

Os estelionatários cobraram taxas para liberar o dinheiro. Ele perdeu quase R$ 500; ela, R$ 1 mil. “Eu achei que ia ter uma solução para continuar estudando, e no fim tive que trancar a faculdade”, lamenta a estudante.

Nós ligamos para o numero de um dos anúncios. Quando pedimos os dados da empresa, a atendente informou: Avenida 28 de abril, número 320, centro de Ipatinga.

Em Ipatinga, este endereço não existe. A vendedora Valdirene Fernande diz que já recebeu muitas pessoas perguntando sobre ele. “Várias pessoas chegam aqui procurando esta cooperativa, mas isso não existe”.

Para convencer as vítimas, os estelionatários chegam a simular um depósito do empréstimo, só que o envelope colocado no caixa eletrônico está vazio. No mesmo dia, o valor aparece na conta, mas está bloqueado e é estornado no fim do dia. Em alguns casos, as quadrilhas também depositam cheques falsificados ou roubados.

Quando viu o deposito de R$ 50 mil reais na sua conta, uma mulher que mora na Região Metropolitana do Rio de Janeiro acabou cedendo a todas as exigências dos bandidos. Eles ligaram exigindo uma porcentagem do valor do empréstimo para liberar o dinheiro. “Uma pessoa de minha família decidiu me ajudar e pegou este dinheiro pra mim no banco dele. Eu depositei 7% e aí começou a virar uma bola de neve”, conta a vítima.

Acostumado a receber queixas desse tipo, o delegado Nelson da Rocha Fialho alerta: “Não existe essa história de depósito de uma porcentagem para liberar empréstimos. Isso é prática de estelionato”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 206 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal