Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/09/2008 - paraiba.com.br Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Operação Gerião prende 7 por fraudes à Previdência na Paraíba


A Força-Tarefa Previdenciária no estado da Paraíba (FTP/PB), composta pela Polícia Federal o Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal (MPF), desencadeou hoje a Operação Gerião, com o objetivo de reprimir o crime organizado que agia contra a Previdência Social, adulterando documentos para a concessão fraudulenta de benefícios previdenciários na Agência da Previdência Social (APS) em Pombal, no sertão paraibano.

A investigação do grupo de fraudadores iniciou em abril de 2008. O prejuízo aos cofres da União foi estimado, inicialmente, em R$ 2.7 milhões, conforme análise, por amostragem, de 150 benefícios concedidos entre 2005 e 2008 naquela agência.

Os trabalhos de investigação continuarão em busca de outras fraudes. Os benefícios sob suspeita já estão sendo re-analisados e quem estiver recebendo de maneira fraudulenta será responsabilizado. Entretanto, os titulares de benefícios irregulares que se apresentarem à Polícia Federal, voluntariamente, antes de serem convocados, terão a oportunidade de apresentar seus esclarecimentos. As denúncias e apresentações de beneficiários envolvidos em fraude poderão ser feitas à Delegacia da PF em Patos.

A operação contou com a participação de 13 servidores da Previdência Social e 50 policiais federais, que cumpriram 17 mandados judiciais, sendo 07 mandados de prisão e 10 de busca e apreensão, expedidos pela 8ª Vara Federal em Sousa. Entre os presos, há cinco servidores da Previdência Social, o filho de um dos servidores e um agenciador, que atuavam em Pombal e municípios adjacentes. As buscas foram realizadas na APS Pombal, escritório, residências e outros determinados pela autoridade judicial, nas cidades de Coremas e Sousa.

Durante todo o dia, os presos serão interrogados pela Polícia Federal; e a documentação apreendida será objeto de análise, feita por técnicos da Previdência Social.

Modus Operandi – As análises processuais e as investigações policiais comprovaram a concessão irregular e/ou fraudulenta de benefícios previdenciários de várias espécies, principalmente aposentadorias rurais, auxílios-doença, salários-maternidade e benefícios assistenciais. Para alcançar esse objetivo, a organização criminosa valia-se de pessoas portando documentos com dados ideologicamente falsos; Declarações de Exercício de Atividade Rural emitidas em nome de quem nunca trabalhou na lavoura; inserção de vínculos trabalhistas fictícios, entre outros.

O nome da Operação, Gerião ou Gerion é uma alusão ao símbolo da fraude, descrito por Dante na obra A Divina Comédia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 223 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal