Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/09/2008 - Gazeta Brazilian News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude do seguro preocupa autoridades


Investigadores do Escritório Nacional de Delitos Contra Seguros (NICB) divulgaram relatório demonstrando que aumentou o número de casos de falsificação de documentação de seguro para comprovação de roubos de automóveis e de vandalismo, entre dezembro de 2004 e dezembro de 2007.

De acordo com o relatório, no período os casos aumentaram de 40 para 90. Os investigadores acreditam que a elevação do preço do combustível estaria fazendo com que os proprietários de veículos busquem formas de se livrar de seus carros grandes e de consumo elevado, para adquirir veículos menores e mais econômicos.

Entre as grandes cidades, Miami é a sétima no número de reclamações consideradas “questionáveis” pelas agências de seguros. A NICB é uma organização sem fins lucrativos, associada a mais de mil seguradores e entidades policiais, com o objetivo de identificar casos de fraudes em seguros.

O estudo mostra que seis dos dez veículos mais roubados são caminhonetes e SUVs. O Dodge Ram e o Ford F-150 encabeçam a lista.

- Há outros casos que são uma tentação, que são os de leasing, quando alguém pode ter excedido os limites do contrato. Isso pode ser muito oneroso – diz Frank Scafidi, diretor de Assuntos Públicos da NICB.

Nos “desaparecimentos” de veículos considerados fraudulentos, os investigadores suspeitam que os donos se desfazem, deliberadamente, de seus carros, para poderem livrar-se de elevadas prestações mensais.

Nestes casos, as empresas de seguros acabam pagando a conta e, em alguns casos, quando a dívida é menor do que o valor de mercado do veículo, o dono tem condições de tirar uma pequena vantage econômica, explica Scafidi.
Os veículos muitas vezes, são recuperados do fundo de um canal ou de um lago, freqüentemente, com pedras atadas aos pedais e cordas amarradas à alavanca de câmbio. Em outros casos, os carros são localizados incendiados em locais ermos.

De acordo com a legislação de seguros, caso não haja suspeita, em geral, quando é declarada perda total de um veículo por incêndio, inundação ou roubo, o seguro restitui o valor do veículo aos donos em um prazo de 30 dias.

Lynne McChristian, representante do Instituto de Informação de Seguros na Flórida, disse que as perdas dos seguros por fraudes resultam em apólices mais caras para todos.

“A indústria combate esta prática seriamente. A fraude nos seguros nunca é um forma de sair dos apertos financeiros e ape-nas cria mais problemas porque tem conseqüências, como a prisão, por exemplo”, alerta McChristian.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 225 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal