Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/09/2008 - Folha de São Paulo / EFE Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

França julga Igreja da Cientologia por fraude organizada


A Igreja da Cientologia será julgada pelo Tribunal Correcional de Paris por "fraude organizada", informou uma fonte ligada ao caso.

A Cientologia foi fundada nos Estados Unidos. em 1954. pelo escritor de ficção científica Lafayette Ron Hubbard como uma "filosofia religiosa aplicada" para "fazer o homem mais feliz através da compreensão de si mesmo como ser espiritual".

A igreja foi reconhecida oficialmente como religião nos EUA quase 20 anos mais tarde. No entanto, é considerada seita e acusada na França e em outros países europeus -entre eles Bélgica, Alemanha e Grécia- de explorar financeiramente os membros. Em 2007, a justiça espanhola permitiu a inscrição da Cientologia no "Registro de Entidades Religiosas".

Os responsáveis pela igreja na França não quiseram comentar o julgamento alegando não haver recebido notificação judicial. Eles se disseram surpresos por receber a notícia do julgamento após a mídia.

Em 2006, houve uma petição pelo arquivamento do caso alegando que as provas eram insuficientes. O juiz de instrução de delitos financeiros, Jean-Christophe Hullin, afirmou que "possíveis motivações políticas" podem ter levado ao arquivamento do caso e pediu um novo julgamento.

O advogado de um de seus líderes, Olivier Morice, disse à emissora "France Info" que as "conseqüências podem ser duras para a Cientologia" já que "pode causar uma eventual dissolução da igreja [da Cientologia] parisiense".

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 181 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal