Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.


Acompanhe nosso Twitter

03/09/2008 - A Notícia - TO Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Confirmada denúncia de fraude na Unirg, no Sul do Tocantins

Por: Ceila Menezes


A Polícia Civil confirmou a existência de suposta fraude em matrículas no curso de Medicina do Centro Universitário Unirg, em Gurupi, região Sul do Estado. De acordo com o delegado João Veloso, titular do 1º Distrito Policial da cidade, segundo denúncia anônima, funcionários da instituição de ensino estariam negociando vagas para o curso em questão por um valor de até R$ 20 mil.

Conforme explica o delegado, de acordo com denúncia, no último vestibular, realizado no final de junho deste ano, para vagas no segundo semestre, três funcionários da instituição teriam negociado uma vaga para o curso de Medicina por um valor de R$ 15 mil. Uma aluna, que teria sido classificada na 797ª colocação, teria sido matriculada no curso normalmente. O delegado informou ainda que a acadêmica que teria negociado a vaga não foi encontrada pela polícia.

Além desta denúncia, o delegado afirmou ainda que outras supostas fraudes na instituição estão sendo investigadas desde o mês de outubro do ano passado, quando o Ministério Público Estadual e a própria Polícia Civil começaram a receber denúncias anônimas, através de telefonemas, cartas e até e-mails. Veloso conta que as denúncias informavam fraude em pagamento de mensalidades de outros cursos, pagamento de curso de verão e até alteração na folha de freqüência de alguns acadêmicos.

O delegado informa que, ao todo, oito pessoas estão envolvidas. Por questão de segurança, o delegado informou que o nome da estudante matriculada irregularmente no curso de Medicina, assim como o nome dos oito indiciados, que são funcionários da instituição, permanecerão em sigilo. Os envolvidos poderão responder por crime de estelionato e falsidade ideológica e poderão pegar de um a cinco anos de prisão.

UNIRG

De acordo com a assessoria de imprensa da Unirg, o reitor pro tempore Marcus Sobreira Peixoto, confirma a existência da fraude e que foi aberta uma auditoria interna para apurar as irregularidades. A assessoria informa ainda que, agora, aguarda os resultados das investigações e, caso sejam comprovadas as denúncias, os responsáveis serão punidos civil e administrativamente.
Entenda
Segundo denúncia, funcionários da Unirg estariam negociando vagas para o curso de Medicina por um valor de até R$ 20 mil. No último vestibular, realizado no final de junho deste ano, para vagas no segundo semestre, três funcionários da instituição teriam negociado uma vaga para o curso de Medicina por um valor de R$ 15 mil. Uma aluna, que teria sido classificada na 797ª colocação, teria sido matriculada no curso normalmente. O delegado informou que a acadêmica que teria negociado a vaga não teria sido encontrada pela polícia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 226 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal