Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

03/09/2008 - Gazeta do Sul Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Vítima perde R$ 9 mil ao cair no “conto da herança”

Por: Ricardo Düren


A lábia de uma dupla de golpistas fez uma aposentada de 72 anos perder R$ 9 mil, durante a manhã de ontem, em Santa Cruz do Sul. A vítima caiu em um novo golpe, que já pode ser batizado de “conto da herança”. O esquema é bastante parecido com o velho conto do bilhete, mas, ao invés de um suposto bilhete premiado, o chamariz usado pelos bandidos é uma nota promissória falsa.

A vítima, que sofre de diabete, conta que voltava de exames clínicos quando foi abordada por uma desconhecida, por volta das 10 horas, na esquina das ruas Marechal Floriano e Tiradentes. Aparentando ter 35 anos, com cabelos loiros e vestida como agricultora, a estranha estava aos prantos. Ela afirmava ser de Estrela, no Vale do Taquari, e disse estar perdida em Santa Cruz.

Em seguida relatou que precisava chegar a um escritório, onde trocaria uma nota promissória por uma herança. Então surgiu um homem de cabelo escuro, aparentando ter 50 anos, bem vestido, com uma jaqueta e calça beges, o qual se intrometeu na conversa e fingiu querer ajudar. Diante disso, a falsa agricultora prometeu dar R$ 30 mil para cada, se trocassem para ela a promissória pela herança.

No entanto, ambos deveriam deixar algum dinheiro como “garantia” de que voltariam com a herança. Ao saber que a vítima tinha R$ 13 mil na poupança, a suposta herdeira exigiu R$ 9 mil. A aposentada ainda argumentou que antes gostaria de tomar um café, pois se sentia mal devido à diabete, mas a golpista lhe entregou uma bala e disse que aquilo a alimentaria.

“Eu já estava assustada com aquela conversa. Mas, depois que comi a bala, fiquei meio tonta, sem saber o que fazer. Devia haver algum produto na bala que me deixou boba”, relata a vítima. Apesar do mal-estar, ela acompanhou o desconhecido até o banco e fez o saque.

A FUGA

Os dois voltaram de táxi até a esquina da Tiradentes com a Floriano, onde a falsa agricultora esperava. Logo ao desembarcar, a aposentada começou a passar mal. Os golpistas então se aproveitaram disso e desapareceram com os R$ 9 mil, sem que a vítima percebesse para onde haviam ido. “Acabei ficando sem o dinheiro que eu e meu marido juntamos ao longo de toda a vida”, lamenta.

O caso deverá ser investigado pela equipe da 1ª DP. No histórico de golpes não há casos confirmados de emprego de produtos químicos para alterar o raciocínio das vítimas e, desta forma, não existe convicção de que realmente houvesse algum narcótico na bala oferecida à aposentada.

OS PASSOS DO ESQUEMA

Desconhecida aborda a vítima aos prantos e pede ajuda para trocar uma nota promissória por uma herança

Um estranho se oferece para ajudar e a golpista promete recompensar os dois caso resgatem a herança para ela. Mas exige que deixem dinheiro, como garantia de que voltarão após a troca

Acompanhada do homem, a vítima vai até o banco e saca os R$ 9 mil

Desde o início, o plano dos golpistas é fugir com o dinheiro da vítima. Um mal súbito sofrido por ela auxilia os bandidos a escapar

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 262 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal