Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

29/08/2008 - Jornal A Tribuna Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso homem que vendia carros clonados no Estado

Por: Marcio Costa


Uma operação entre as polícias catarinense e gaúcha prendeu ontem, no bairro Passo D’Areia, em Porto Alegre, um homem de 34 anos acusado de transportar para Santa Catarina veículos roubados e clonados no Rio Grande do Sul. Embora o mandado de prisão tenha sido expedido pela Comarca de Itajaí (SC), suspeita-se de que o acusado também tenha ligação com criminosos que atuariam em Criciúma, Tubarão e Araranguá. A informação é do Departamento de Investigações Criminais (Deic) de Santa Catarina.

Três dias de investigação

O acusado foi preso no início da manhã, em um apartamento de classe média alta da capital gaúcha. A diligência teve apoio da Delegacia de Capturas (Decap) de Porto Alegre. Segundo a polícia, o homem acabou detido após três dias de investigação. O trabalho resultou na apreensão de nove veículos clonados em Florianópolis e Itajaí. No entanto, a fraude só foi confirmada quando um dos compradores foi pagar o IPVA do carro e ficou sabendo que o documento já havia sido pago em Porto Alegre, onde o veículo verdadeiro estava rodando.

Segundo a polícia, os carros roubados são vendidos por preços abaixo do valor de mercado. Um carro que custa R$ 40 mil, por exemplo, pode ser encomendado com a quadrilha por menos de R$ 15 mil. A polícia explica que, depois de roubados, os veículos ficam escondidos em galpões até serem clonados. Placas e documentos falsos são providenciados utilizando dados de outros veículos. A suspeita de um carro clonado pode ter início, também, quando o dono recebe uma multa aplicada em uma cidade na qual ele jamais esteve.

Detenções há pouco meses em Içara e Araranguá

Há poucos meses, quatro pessoas foram detidas em Içara e Araranguá acusadas de pertencerem a uma outra quadrilha que roubava carros no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Foram apreendidos um Golf clonado, com placas "frias" de Lauro Müller, peças de ca- minhonetes e de carros, três caminhões, poltronas de aviões, equipamentos para desmanches, além de produtos roubados. O trabalho ocorreu durante a "Operação Minuano", deflagrada por policiais do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. O homem preso em Porto Alegre será interrogado hoje pelo delegado da Deic, Rodrigo Green, encarregado do caso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 213 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal