Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/08/2008 - O Setubalense Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

“Com a minha experiência profissional nunca pensei cair numa ratoeira destas!...”

Por: Teodoro João


Uma senhora de 70 anos foi aliciada por uma jovem brasileira a rescindir contrato com a Cabo Visão e assinar pela TV Cabo. Depois de papeladas assinadas, concluiu ter caído numa armadilha, e decidiu alertar a PJ e SEF.

“Ainda hoje estou pasmada e envergonhada comigo própria pela forma como caí naquela ratoeira, apesar da minha larga experiência profissional. É prova de que ninguém está livre de coisa alguma.”

O desabafo é de uma senhora de 70 anos de idade, que prefere manter o anonimato por razões entendidas como aceitáveis. É aposentada de uma força policial, onde exerceu a função de administrativa durante décadas.

No passado dia 14, a sexagenária foi visitada em sua casa, por uma jovem na “casa dos 30 anos”, brasileira e dizendo chamar-se ‘Celina’, que “me aliciou a cancelar contrato com a Cabo Visão, e a assinar contrato com a TV Cabo, pelo valor de 25 euros mensais, independentemente das chamadas telefónicas nacionais que eu fizesse.”

A senhora diz não ter olhado para trás, e assinou dois papéis, presumivelmente o cancelamento de um e a celebração de outro contrato. Alegadamente, fotocópias fiéis dos contratos originais. Pediram-lhe documentos (fotocópias de BI), circunstância que diz ser agora a sua maior preocupação.

“Receio que os elementos da minha identidade e respectivas assinaturas que forneci possam ser usados de forma fraudulenta e dar lugar a documentos falsificados,” informa a aposentada funcionária pública que, anteontem, relatou o seu caso, em carta com aviso de recepção, à Polícia Judiciária de Lisboa e Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Curioso não deixa de ser o facto de, dias antes, esta senhora que mora só num primeiro andar, ter recebido uma factura no valor de 55 euros da Cabo Visão (televisão mais chamadas telefónicas).

“Foi a mais alta factura que recebi, pelo que, quando esta rapariga esteve em minha casa a propôr-me a mudança de empresa prestadora deste serviço, pelo montante mensal de 25 euros, até fiquei satisfeita e assinei sem pensar duas vezes”, lamentou-se a «O Setubalense».

Dias depois da assinatura do “novo contrato”, e pensando em todos os contornos do processo – telefonou para a Cabo Visão e soube que o seu contrato não estava cancelado informaticamente – esta senhora confessa ter percebido a trama em que tinha caído. Para mais, telefonou insistentemente para o número de telemóvel deixado pela tal brasileira, mas nunca foi atendida. A mesma sorte teve o nosso jornal.

ALERTA “Por tudo isto, resolvi dar imediato conhecimento (via carta registada) à PJ de Lisboa e SEF, numa tentativa de travar possível falsificação de documentos”, explicou a «O Setubalense», acreditando ainda ser possível evitar o pior: ver o seu nome envolvido em desagradáveis situações. E quis denunciar este seu caso publicamente através deste jornal porque, como alvitra, “pode ser um inovador modus operandi de enganar as pessoas mais idosas”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 648 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal