Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/08/2008 - Folha de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF investiga secretário do PT por suposta ação em fraude


O secretário de Assuntos Internacionais do PT, Romênio Pereira, está sendo investigado pela Polícia Federal. Ele foi flagrado em conversas e encontros suspeitos com lobista preso na Operação João de Barro, deflagrada em junho pela PF, informa nesta sexta-feira reportagem de Fernanda Odilla, publicada pela Folha (a íntegra da reportagem está disponível para assinantes do UOL e do jornal).

Segundo a reportagem, pelo parecer da Procuradoria Geral da República, os diálogos sugerem que o petista proporcionaria ao lobista "os contatos necessários para viabilizar as fraudes investigadas". São apuradas obras em 119 cidades orçadas em R$ 700 milhões.

Em abril deste ano, o ministro Cezar Peluso, do STF (Supremo Tribunal Federal), atendeu a pedido da PF e autorizou a quebra dos sigilos bancário e telefônico do petista, como revelou o site da revista "Época" ontem. A Folha apurou que, apesar de não ter foro privilegiado, a PF colocou Pereira no núcleo do deputado federal João Magalhães (PMDB-MG).

Por meio de nota, Pereira alega que jamais foi informado pela PF, pela Procuradoria Geral e pelo STF de que era alvo de investigação. Diz que ficou surpreso, ao ser informado pela imprensa, de que o STF havia determinado a quebra dos sigilos, mas preferiu não comentar as suspeitas até "tomar conhecimento do processo pelas vias legais". Marcelo Bessa, advogado de Magalhães, disse que não há prova que o relacione a Pereira.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 148 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal