Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

18/08/2008 - Zero Hora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpista teria acesso a banco de dados da Secretaria Nacional de Segurança Pública

Por: Giovani Grizotti


Um gaúcho suspeito de integrar suposto esquema de fraude em eleições mostrado pelo programa Fantástico no domingo, em reportagem produzida pela RBS TV, teria acesso a dados da Secretaria Nacional de Segurança Pública, incluindo informações pessoais do secretário da Segurança Pública do Rio Grande do Sul. Identificado por Plínio, o comparsa do paulista que prometia eleger qualquer prefeito em troca de R$ 2 milhões admitiu participação no golpe.

Plínio disse que recebia R$ 50 mil pela participação no esquema. A sala comercial usada no golpe amanheceu aberta nesta segunda-feira, no centro de Cachoeirinha, na região metropolitana de Porto Alegre.

O golpista gaúcho disse que conheceu o paulista, identificado como Márcio, em uma casa de jogos com acesso à internet em Porto Alegre. Márcio teria apurado todos os dados pessoais de um candidato a vice-prefeito, a quem ofereceu o serviço. Com uma câmera escondida, a reportagem da RBS TV acompanhou a conversa entre o golpista e o candidato.

Na gravação, Plínio diz que possui a senha do Infoseg, nome dado ao banco de dados da Secretaria Nacional de Segurança Pública, que reúne informações das polícias de todo o país. Por telefone, a reportagem realizou um teste e repassou a Márcio o nome do secretário de Segurança Pública do Estado. No dia seguinte, direto de São Paulo, Márcio retornou a ligação e informou os dados pessoais de Edson de Oliveira Goularte, incluindo endereço e CPF. O secretário não quis comentar o caso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 210 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal