Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

13/08/2008 - Cosmo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia estoura depósito de bebidas falsificadas

Por: Carlos Alciati Neto


Conhecido antigo da polícia como falsificador de bebidas alcoólicas, Itamar Pickler Jaques, 63 anos, foi preso em flagrante hoje à tarde em um depósito clandestino com 160 litros de um líquido que imita uísque e conhaque, no Jardim Nova Esperança, na região do Campo Grande, em Campinas. Também foi preso o casal de namorados Cléber Alves Ferreira, 32, e Kely Lauriano Amâncio, 22. Todos foram autuados por estelionato, crime contra a propriedade industrial (pirataria) e crime contra as relações de consumo.

No cômodo onde funcionava a 'destilaria' , na casa de Ferreira, foram encontrados 120 litros de bebidas divididos em galões de plástico e outros 40 litros engarrafados para serem vendidos como rum, conhaque e uísque. A bebida era obtida por meio da mistura de groselha, refrigerante de cola, caramelo e até verniz adicionados à cachaça. Para fazer as bebidas, os autuados utilizavam uma bomba de piscina, que, ligada, fazia todo o processo de mistura dos ingredientes. Além disso, o trio tinha 120 mil selos de autenticidades impressos e prontos para serem colocados sobre os lacres da bebida, o que prova que o negócio tinha uma grande capacidade de produção.

A bebida era vendida nos bares da região do Campo Grande e os policiais do 47º Batalhão da Polícia Militar chegaram até o local por meio de uma denúncia anônima de um consumidor que suspeitou da qualidade dos 'destilados' . Conforme informou a polícia, o local apresentava péssimas condições de higiene e, nos galões onde a bebida era armazenada, foi encontrado até mesmo baratas e outros insetos. O líquido será analisado pelo Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo e, após o laudo, os três autuados poderão responder também por comercializar 'substância nociva à saúde' . Além de Jaques, Ferreira também tinha passagens na polícia por falsificação de bebidas. Em um deles, inclusive, tem Jaques relacionado como co-autor.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 486 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal