Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/09/2006 - Tribuna de Minas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Hackers 'alugam' contas de juizforanos para fraudar

Por: Ana Cláudia Barros


Pelo menos 14 contas bancárias de Juiz de Fora receberam dinheiro transferido, ilicitamente, via internet, de contas de São Paulo, Pernambuco e Paraíba. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, que aposta na atuação de uma quadrilha de hackers. De acordo com levantamentos iniciais, o grupo movimentou, nos meses de abril e maio deste ano, cerca de R$ 66 mil, mas o prejuízo pode ser maior, conforme o delegado de Furtos e Roubos, Rodolfo Rolli. Ele explica que nem sempre os bancos comunicam as fraudes às autoridades policiais, o que pode mascarar as estatísticas. Rastreamentos apontam que as quantias transferidas, pertencentes a quatro usuários de uma mesma instituição bancária, foram destinadas ainda ao pagamento on-line de prestações de veículos, taxas de licenciamento, multas de trânsito e impostos. A suspeita é que as transações tenham sido realizadas de lan houses da cidade.

Segundo Rolli, haveria três papéis estratégicos no bando: os hackers, responsáveis pela movimentação ilegal do dinheiro; os “agenciadores”, cuja função é conseguir as contas bancárias para os depósitos, e, por fim, os proprietários das contas, que as emprestam em troca de uma porcentagem do valor furtado.

Além dos quatro inquéritos instaurados em Juiz de Fora para investigar o caso, um outro será conduzido pela polícia de São Paulo, pois os beneficiários seriam daquele estado, reforçando a hipótese de que o grupo teria ramificações pelo país. “Qualquer conclusão é prematura, porque as apurações acabaram de ser iniciadas. Posso afirmar apenas que são pessoas altamente especializadas em informática”, comenta o delegado, que solicitará à Justiça a quebra do sigilo bancário das vítimas e dos proprietários das contas. “Só assim, poderemos precisar quanto, de fato, foi desviado.”

De acordo com o delegado, quem empresta a conta bancária para viabilizar o golpe pode responder por estelionato ou, até mesmo, ser indiciado como co-autor do furto mediante fraude.

Alto investimento

Para a assessoria de imprensa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), apesar de nenhuma instituição possuir sistema 100% seguro, o investimento contra ataques de hackers tem sido alto. Por ano, R$ 1,2 bilhão são destinados à atualização de mecanismos de combate às fraudes. Segundo a assessoria, as quadrilhas, geralmente, exploram as brechas deixadas pelos usuários, que, muitas vezes, não adotam medidas de proteção adequadas.

A situação se torna mais preocupante devido ao aumento crescente de clientes que optam por homebanks (aqueles cujo acesso é por computador), uma das transações, segundo a Febraban, que mais crescem. De acordo com a federação, em um universo de 95 milhões de contas correntes no Brasil, 45,3% dos clientes usam serviços bancários pela internet. Em 2005, foram registradas 327 mil fraudes, totalizando prejuízo de R$ 300 milhões.

Dicas para evitar fraudes eletrônicas:

-Não revelar senhas e trocá-las periodicamente
-Manter antivírus e firewall atualizados
-Não abrir e-mails suspeitos, nem links que aparecem neles. Desconfie dos que apresentam mensagens como: "Seu CPF foi cancelado", "alguém que te ama", "Seu nome está na lista do Serasa". São e-mails infectados, usados para capturar senhas.
-Suspeite de e-mails de empresas conhecidas que apresentem erros de grafia
-Não executar arquivos de origem desconhecida
-Não realizar compras na internet em sites pouco confiáveis
-Durante transações bancárias, desconfie de telas sobrepostas
-Evite enviar informações confidenciais via e-mail ou em programas de bate-papo, como MSN e ICQ
-Evite realizar transações bancárias, enviar currículos com CPF ou RG utilizando computadores de lan houses
-Informar imediatamente à agência quando verificar saque indevido de sua conta

Fonte: Febraban

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 467 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal