Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/09/2006 - Jornal O Tempo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Pirataria reduz postos de trabalho em até 40%


SÃO PAULO – A comercialização de produtos piratas pode acarretar redução de até 40% nos postos de trabalho em alguns setores da indústria do audiovisual, no Brasil, em 2006.

De acordo com Luiz Paulo Barreto, secretário-executivo do Ministério da Justiça e presidente do Conselho Nacional de Combate à Pirataria (CNCP), as locadoras de vídeos demitiram cerca de 70 mil funcionários nos últimos nove anos – e este número pode aumentar em razão da concorrência com produtos piratas.

Queda no faturamento

O Sindicato das Videolocadoras do Estado de São Paulo (Sindevídeo) estima queda de 30% a 50% no faturamento das 4.000 locadoras de vídeo do Estado, em 2006. Caso a projeção se concretize, 40% dos cerca de 12 mil funcionários do setor devem ser demitidos.

“As locadoras estão fechando as portas e o que o consumidor faz: ao invés de locar um vídeo, ele quer comprar 50 para ter em casa, só DVDs piratas, que são objeto de crime. É necessário uma mudança de cultura”, disse o secretário.

Já o mercado brasileiro de música movimentou em 2005 cerca de R$ 615,2 milhões, valores reportados pelas maiores companhias fonográficas operantes no país à Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD), o que representa uma queda de 12,9% em comparação ao ano anterior.

Em unidades vendidas, a queda foi da ordem de 20% em relação a 2004, com um total de 52,9 milhões de unidades comercializadas em 2005.

Combate

Na tarde de ontem, Barreto reuniu-se com representantes da indústria audiovisual na sede da Polícia Federal, em São Paulo, para discutir políticas de combate à pirataria.

O evento faz parte de uma série de reuniões com setores que têm sido vítimas da falsificação de produtos no Brasil, com o objetivo de conhecer as principais dificuldades enfrentadas pela indústria e intensificar ações de combate à pirataria.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 419 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal