Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/08/2008 - Reuters Brasil Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Torcedores são barrados com entradas falsas de até US$2 mil

Por: Ken Wills


PEQUIM (Reuters) - Entre o enorme público em festa esperando pelo início da cerimônia de abertura da Olimpíada de Pequim, nesta sexta-feira, um grupo de torcedores lamentava ter descoberto apenas no portão do estádio Ninho de Pássaro que seus ingressos eram falsos.

Alguns pagaram cerca de 2 mil dólares nas entradas e viajaram longas distâncias. Eles foram vítimas de uma fraude internacional pela Internet recentemente descoberta pelas autoridades olímpicas.

"Estive na cerimônia de abertura em Atenas. Eu comecei há bastante tempo a programar minha vinda para cá e agora...", lamentou o norte-americano David Escarraz, que viajou desde Chicago, com a voz embargada e os olhos cheios de lágrimas.

O Comitê Olímpico Internacional informou nesta semana que muitas pessoas foram enganadas e compraram milhares de ingressos falsos para os Jogos. Segundo o COI, os sites fraudulentos foram tirados do ar.

Mas isso não serviu de consolo para Escarraz, que pagou 3.730 dólares por dois ingressos pela Internet.

"O site ainda estava vendendo ingressos no dia 25 de julho, um dia antes da minha viagem", disse ele. "Se esse era um problema do COI, porque eles levaram um ano para agir?"

O site aparentemente profissional, que tinha o logo oficial dos Jogos de Pequim e fornecia um número de telefone em Londres e um endereço na cidade de Phoenix, nos EUA, não estava mais acessível nesta sexta-feira.

Entre vítimas do golpe estavam familiares de diversos atletas olímpicos de Austrália e Nova Zelândia, além de turistas dos Estados Unidos, Japão, Noruega, China e Grã-Bretanha, segundo meios de comunicação.

Escarraz sentou-se desolado em um bloco de cimento do lado de fora do perímetro de segurança do Ninho de Pássaro, a poucos metros das filas para os torcedores com ingressos válidos. Sua sócia em Chicago, Marisa Woehlert, que viajou com ele, ficou por perto.

"A empresa do cartão de crédito disse que eu vou receber o dinheiro de volta, mas e daí? Eu já paguei o hotel e as passagens. Eu vim para ver a cerimônia de abertura", disse ela.

As milhares de pessoas que tinham ingressos válidos entravam aos poucos mas sem problemas no estádio, todos passando por rígidas revistas de segurança.

Os ingressos para a cerimônia de abertura contêm a foto do comprador, o número do passaporte, e outros dados pessoais identificando detalhes da pessoa, que serão checados pela segurança nas entradas do Ninho de Pássaro.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 225 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal